Polícia

10 jun 21 | 19h29 Por André Krüger

Casal é preso por estelionato em Concórdia

Dupla utilizava documentos falsos para abrir contas e fazer empréstimos em agências bancarias

Casal é preso por estelionato em Concórdia
Imprimir

Um homem e uma mulher foram presos em flagrante pela prática do crime de estelionato, na tarde desta quinta-feira, dia 10, em Concórdia. Segundo informações repassadas pela Polícia Militar de Concórdia para o Jornalismo da Aliança FM, os policiais foram acionados para verificar ocorrência onde uma mulher estaria tentando abrir uma conta corrente em uma agência bancária com documentos falsos. 


No momento da abordagem da mesma, os policiais perceberam a movimentação suspeita de um homem que tentava sair do estabelecimento e foi abordado. Ele também estava em posse de um documento de identificação falso.


Conforme informações, esse suspeito já havia aberto uma conta em data anterior e realizado empréstimo, inclusive sacando parte o valor. A agência percebeu a fraude e bloqueou a conta.


Os dois abordados foram entregues na Delegacia de Polícia Civil de Concórdia, pelos crimes estelionato, falsa identidade e uso de documento falso.

10 jun 21 | 19h29 Por André Krüger

Casal é preso por estelionato em Concórdia

Dupla utilizava documentos falsos para abrir contas e fazer empréstimos em agências bancarias

Casal é preso por estelionato em Concórdia

Um homem e uma mulher foram presos em flagrante pela prática do crime de estelionato, na tarde desta quinta-feira, dia 10, em Concórdia. Segundo informações repassadas pela Polícia Militar de Concórdia para o Jornalismo da Aliança FM, os policiais foram acionados para verificar ocorrência onde uma mulher estaria tentando abrir uma conta corrente em uma agência bancária com documentos falsos. 


No momento da abordagem da mesma, os policiais perceberam a movimentação suspeita de um homem que tentava sair do estabelecimento e foi abordado. Ele também estava em posse de um documento de identificação falso.


Conforme informações, esse suspeito já havia aberto uma conta em data anterior e realizado empréstimo, inclusive sacando parte o valor. A agência percebeu a fraude e bloqueou a conta.


Os dois abordados foram entregues na Delegacia de Polícia Civil de Concórdia, pelos crimes estelionato, falsa identidade e uso de documento falso.