Plantão

04 ago 20 | 18h09 Por Cristiano Mortari

Jovem de Concórdia que estava desaparecida já está a caminho de casa

Ela fez contato com a família no fim da tarde desta terça-feira

Jovem de Concórdia que estava desaparecida já está a caminho de casa
Imprimir

Cláudia de Moura, de 22 anos, que estava sem dar notícias aos familiares desde segunda-feira, dia 03, entrou em contato com um dos irmãos no fim da tarde desta terça-feira. Ela informou que está bem e já estava a caminho de casa. A Polícia Civil de Concórdia auxiliou nas buscas e localizou ela em Joaçaba.


O irmão dela, Emerson de Moura, confirmou à Rádio Aliança que Cláudia estava em Joaçaba. “Apareceu e está a caminho da comunidade de Linha Primeiro de Setembro”, informou. “Obrigado a todos que nos auxiliaram e deram atenção. Ela estava em Joaçaba”, contou Moura.


Cláudia saiu de casa na segunda-feira pela manhã e foi ao centro de Concórdia. Ela voltaria ainda pela manhã, mas não retornou.  Os familiares ficaram preocupados, registraram um Boletim de Ocorrência e solicitaram auxílio da comunidade na busca de informações. 


04 ago 20 | 18h09 Por Cristiano Mortari

Jovem de Concórdia que estava desaparecida já está a caminho de casa

Ela fez contato com a família no fim da tarde desta terça-feira

Jovem de Concórdia que estava desaparecida já está a caminho de casa

Cláudia de Moura, de 22 anos, que estava sem dar notícias aos familiares desde segunda-feira, dia 03, entrou em contato com um dos irmãos no fim da tarde desta terça-feira. Ela informou que está bem e já estava a caminho de casa. A Polícia Civil de Concórdia auxiliou nas buscas e localizou ela em Joaçaba.


O irmão dela, Emerson de Moura, confirmou à Rádio Aliança que Cláudia estava em Joaçaba. “Apareceu e está a caminho da comunidade de Linha Primeiro de Setembro”, informou. “Obrigado a todos que nos auxiliaram e deram atenção. Ela estava em Joaçaba”, contou Moura.


Cláudia saiu de casa na segunda-feira pela manhã e foi ao centro de Concórdia. Ela voltaria ainda pela manhã, mas não retornou.  Os familiares ficaram preocupados, registraram um Boletim de Ocorrência e solicitaram auxílio da comunidade na busca de informações.