Plantão

09 mai 21 | 17h49 Por André Krüger

Bebê que sobreviveu à chacina em SC deixa hospital

Depois de cinco dias internado, o menino de 1 ano e 8 meses deixou o hospital de Chapecó neste domingo, dia 9

Bebê que sobreviveu à chacina em SC deixa hospital
Imprimir

Depois de cinco dias hospitalizado, o bebê de 1 anos e 8 meses, que estava internado no Hospital da Criança, em Chapecó, recebeu alta neste domingo, dia 9. O menino sobreviveu a chacina em creche de Saudades, no Oeste catarinense. Na tragédia, que marcou a cidade com cerca de 10 mil habitantes no dia 4 de maio, cinco pessoas foram mortas, dentre elas três bebês.


O boletim médico foi divulgado pela assessoria do hospital por volta das 15h50. O menino ficou aos cuidados do médico Leandro Trevizan, que acompanhou a recuperação dele neste período de internação.


A criança sofreu ferimentos no rosto e também no pulmão, onde precisou passar por uma cirurgia. Ele chegou a ficar internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do HRO (Hospital Regional do Oeste) e depois transferido para o Hospital da Criança.


A equipe de enfermagem e de médicos comemoraram a recuperação do menino. Eles festejaram a alta dele do hospital com balões pelos corredores do hospital. Sob aplausos, a família deixou o hospital bastante emocionada.


Fonte:NDMais

09 mai 21 | 17h49 Por André Krüger

Bebê que sobreviveu à chacina em SC deixa hospital

Depois de cinco dias internado, o menino de 1 ano e 8 meses deixou o hospital de Chapecó neste domingo, dia 9

Bebê que sobreviveu à chacina em SC deixa hospital

Depois de cinco dias hospitalizado, o bebê de 1 anos e 8 meses, que estava internado no Hospital da Criança, em Chapecó, recebeu alta neste domingo, dia 9. O menino sobreviveu a chacina em creche de Saudades, no Oeste catarinense. Na tragédia, que marcou a cidade com cerca de 10 mil habitantes no dia 4 de maio, cinco pessoas foram mortas, dentre elas três bebês.


O boletim médico foi divulgado pela assessoria do hospital por volta das 15h50. O menino ficou aos cuidados do médico Leandro Trevizan, que acompanhou a recuperação dele neste período de internação.


A criança sofreu ferimentos no rosto e também no pulmão, onde precisou passar por uma cirurgia. Ele chegou a ficar internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do HRO (Hospital Regional do Oeste) e depois transferido para o Hospital da Criança.


A equipe de enfermagem e de médicos comemoraram a recuperação do menino. Eles festejaram a alta dele do hospital com balões pelos corredores do hospital. Sob aplausos, a família deixou o hospital bastante emocionada.


Fonte:NDMais