Momento Agro

24 out 19 | 17h47 Por Jocimar Soares

Valor do quilo vivo terminado do suíno, pago pela Aurora, também aumentou

Valor foi de R$ 3,90 para R$ 4,00 a partir desta quinta-feira, dia 24.

Valor do quilo vivo terminado do suíno, pago pela Aurora, também aumentou
Imprimir

Além do valor do quilo vivo do leitão, de oito a 22 quilos, a Coopercentral Aurora também reajustou para cima em R$ 0,10 o valor do quilo vivo do suíno terminado para os produtores integrados. O novo valor passou a vigorar a partir desta quinta-feira, dia 24. 


Com isso, a remuneração do produtor integrado passou de R$ 3,90 para R$ 4,00 o quilo vivo terminado. As agroindústrias Pamplona e BRF mantém esse valor em R$ 3,90 e a JBS Foods, em R$ 3,80.

24 out 19 | 17h47 Por Jocimar Soares

Valor do quilo vivo terminado do suíno, pago pela Aurora, também aumentou

Valor foi de R$ 3,90 para R$ 4,00 a partir desta quinta-feira, dia 24.

Valor do quilo vivo terminado do suíno, pago pela Aurora, também aumentou

Além do valor do quilo vivo do leitão, de oito a 22 quilos, a Coopercentral Aurora também reajustou para cima em R$ 0,10 o valor do quilo vivo do suíno terminado para os produtores integrados. O novo valor passou a vigorar a partir desta quinta-feira, dia 24. 


Com isso, a remuneração do produtor integrado passou de R$ 3,90 para R$ 4,00 o quilo vivo terminado. As agroindústrias Pamplona e BRF mantém esse valor em R$ 3,90 e a JBS Foods, em R$ 3,80.