Momento Agro

13 jul 19 | 6h00 Por Jocimar Soares

Sicoob Crediauc disponibiliza diversas linhas de crédito para o setor rural

Sicoob disponibiliza R$ 1,7 bilhão para os dois estados do Sul do país.

Sicoob Crediauc disponibiliza diversas linhas de crédito para o setor rural
Imprimir

O Sicoob Central SC/RS dispõe de R$ 1,7 bilhão para os produtores rurais catarinenses e gaúchos para o ano agrícola 2019-2020, que começou em julho, o que representa um acréscimo de 8% em relação ao ano anterior. Desse total, R$ 1,2 bilhão será para custeio, R$ 357 milhões para investimentos e 172 milhões para comercialização e industrialização. Para o subgerente de Agronegócios, da Central SC/RS, Rodinei Munaretto, “estamos atendendo os produtores rurais com a mesma agilidade e eficiência de sempre, buscando sempre parcerias duradouras e efetivas”.


O agronegócio tem enorme importância econômica e social para o Brasil e também para os três estados do Sul. Em Santa Catarina, representa cerca de 30% do PIB e 67% das exportações. No Rio Grande do Sul, a cadeia do agronegócio é responsável por cerca de 40% do PIB.


Conforme o Gerente de Agronegócios do Sicoob Crediauc, Giliard Prodarutti, a cooperativa de crédito mantém diversas opções para satisfazer os anseios dos agricultores. “O Sicoob Crediauc mantém amplo portfólio de linhas de crédito voltadas para atender as demandas do produtor rural, com prazos e taxas adequadas ao plano safra. A cooperativa apoia desde operações de investimentos até créditos para custeio da produção, independente, do porte do cooperado, sempre pensando no crescimento econômico e sustentável da região em que está inserida, bem como da valorização do produtor”, assinala.


Este ano, para incentivar ainda mais a ação do Sicoob junto ao produtor rural e às comunidades onde atua, estão sendo veiculadas mídias nos principais veículos de comunicação, com uma mensagem enaltecendo o trabalho e a cultura de quem mora no campo ou em municípios onde a produção rural tem grande importância econômica.


O presidente do Sicoob Crediauc, Paulo Renato Camillo, lembra que o atendimento às demandas do setor rural é uma das prioridades da cooperativa. “A relação forte e sólida com o setor agrícola está na essência, no DNA do Sicoob Crediauc. Queremos fortalecer ainda mais esse vínculo, ampliando a gama de produtos e serviços s a esse importante setor, que movimenta a economia regional. Nossa cooperativa nasceu do meio rural e precisamos sedimentar essa relação cultural e histórica”, destaca Camillo.

  

Para alavancar ainda mais os negócios do atual Plano Safra, o Sicoob tem realizado treinamentos com funcionários da área, reunião de alinhamento e workshops em municípios de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. Também está sendo feito um acompanhamento da safra com informações fornecidas pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa) de Santa Catarina e com foco no Índice de Aproveitamento de Produtos (IAP) do Agronegócio do Sicoob.


Em Santa Catarina, onde atua há mais tempo, o Sicoob é o segundo maior financiador da produção agrícola.


Plano Safra Brasil


O Plano Safra 2019/2020, em todo o Brasil, vai dispor este ano de R$ 225,5 bilhões. A taxa de juros para os pequenos produtores (Pronaf) é de 3% a 4,6% ao ano; para os médios produtores (Pronamp) é de 6% a 7% ao ano; para os demais produtores, 8% ao ano. Os programas de investimentos terão taxas de 3% a 10,5% ao ano.


(Fonte: P&G Comunicação)


13 jul 19 | 6h00 Por Jocimar Soares

Sicoob Crediauc disponibiliza diversas linhas de crédito para o setor rural

Sicoob disponibiliza R$ 1,7 bilhão para os dois estados do Sul do país.

Sicoob Crediauc disponibiliza diversas linhas de crédito para o setor rural

O Sicoob Central SC/RS dispõe de R$ 1,7 bilhão para os produtores rurais catarinenses e gaúchos para o ano agrícola 2019-2020, que começou em julho, o que representa um acréscimo de 8% em relação ao ano anterior. Desse total, R$ 1,2 bilhão será para custeio, R$ 357 milhões para investimentos e 172 milhões para comercialização e industrialização. Para o subgerente de Agronegócios, da Central SC/RS, Rodinei Munaretto, “estamos atendendo os produtores rurais com a mesma agilidade e eficiência de sempre, buscando sempre parcerias duradouras e efetivas”.


O agronegócio tem enorme importância econômica e social para o Brasil e também para os três estados do Sul. Em Santa Catarina, representa cerca de 30% do PIB e 67% das exportações. No Rio Grande do Sul, a cadeia do agronegócio é responsável por cerca de 40% do PIB.


Conforme o Gerente de Agronegócios do Sicoob Crediauc, Giliard Prodarutti, a cooperativa de crédito mantém diversas opções para satisfazer os anseios dos agricultores. “O Sicoob Crediauc mantém amplo portfólio de linhas de crédito voltadas para atender as demandas do produtor rural, com prazos e taxas adequadas ao plano safra. A cooperativa apoia desde operações de investimentos até créditos para custeio da produção, independente, do porte do cooperado, sempre pensando no crescimento econômico e sustentável da região em que está inserida, bem como da valorização do produtor”, assinala.


Este ano, para incentivar ainda mais a ação do Sicoob junto ao produtor rural e às comunidades onde atua, estão sendo veiculadas mídias nos principais veículos de comunicação, com uma mensagem enaltecendo o trabalho e a cultura de quem mora no campo ou em municípios onde a produção rural tem grande importância econômica.


O presidente do Sicoob Crediauc, Paulo Renato Camillo, lembra que o atendimento às demandas do setor rural é uma das prioridades da cooperativa. “A relação forte e sólida com o setor agrícola está na essência, no DNA do Sicoob Crediauc. Queremos fortalecer ainda mais esse vínculo, ampliando a gama de produtos e serviços s a esse importante setor, que movimenta a economia regional. Nossa cooperativa nasceu do meio rural e precisamos sedimentar essa relação cultural e histórica”, destaca Camillo.

  

Para alavancar ainda mais os negócios do atual Plano Safra, o Sicoob tem realizado treinamentos com funcionários da área, reunião de alinhamento e workshops em municípios de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. Também está sendo feito um acompanhamento da safra com informações fornecidas pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa) de Santa Catarina e com foco no Índice de Aproveitamento de Produtos (IAP) do Agronegócio do Sicoob.


Em Santa Catarina, onde atua há mais tempo, o Sicoob é o segundo maior financiador da produção agrícola.


Plano Safra Brasil


O Plano Safra 2019/2020, em todo o Brasil, vai dispor este ano de R$ 225,5 bilhões. A taxa de juros para os pequenos produtores (Pronaf) é de 3% a 4,6% ao ano; para os médios produtores (Pronamp) é de 6% a 7% ao ano; para os demais produtores, 8% ao ano. Os programas de investimentos terão taxas de 3% a 10,5% ao ano.


(Fonte: P&G Comunicação)