Momento Agro

21 jun 19 | 6h00 Por Rádio Aliança

Produtores de Arabutã receberão informações sobre Normativas do Leite

Assunto será discutido na próxima semana.

Produtores de Arabutã receberão informações sobre Normativas do Leite
Imprimir

A Secretaria de Agricultura de Arabutã e a Epagri convidam os produtores de leite para as reuniões orientativas sobre as Normativas 76 e 77. Os encontros serão realizados dia 25 de Junho, em Nova Estrela, a partir das 13h30, no Centro Comunitário Velten, dia 27 de Junho, em Canhada Grande, a partir das 13h30, no Clube 3 de Maio e dia 28 de Junho, na Sede do Município, a partir das 13h30, no auditório da Prefeitura. Segundo o diretor de agricultor, Douglas Braun, será um momento propício para apresentar as principais mudanças na produção e no armazenamento do leite cru, da normativa que entrou em vigor no dia 30 de maio. 

 

Conforme Braun, os produtores ainda têm muitas dúvidas sobre as normativas. “Esses encontros serão fundamentais para esclarecermos quais as principais exigências previstas nas NRs e de que forma os produtores precisam proceder para estarem adequados. Serão reuniões muito importantes para o setor produtivo. O município de Arabutã possui um número expressivo de produtores de leite e é essencial que todos estejam bem informados sobre esse assunto”, destaca.

 

O objetivo das NRs 76 e 77 é buscar uma qualidade maior para o leite produzido no país. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), .com o alcance de mais qualificação no leite serão aumentadas as exportações, pelo fato dos produtos lácteos brasileiros ocuparem de maneira competitiva o mercado internacional, o que irá aumentar também a renda do produtor rural e da indústria.

 

Outro ponto positivo em busca de mais qualidade do leite, ao envolver todos os elos da cadeia produtiva, será a diminuição de riscos de fraudes no produto. Além disso, todos os produtores serão inclusos no processo de produção - pequenos, médios e grandes - pois a meta é que todo o produtor, mesmo aquele que não atendia aos padrões de qualidade da legislação, seja contemplado no processo de produção.

 

(PG Comunicação)

21 jun 19 | 6h00 Por Rádio Aliança

Produtores de Arabutã receberão informações sobre Normativas do Leite

Assunto será discutido na próxima semana.

Produtores de Arabutã receberão informações sobre Normativas do Leite

A Secretaria de Agricultura de Arabutã e a Epagri convidam os produtores de leite para as reuniões orientativas sobre as Normativas 76 e 77. Os encontros serão realizados dia 25 de Junho, em Nova Estrela, a partir das 13h30, no Centro Comunitário Velten, dia 27 de Junho, em Canhada Grande, a partir das 13h30, no Clube 3 de Maio e dia 28 de Junho, na Sede do Município, a partir das 13h30, no auditório da Prefeitura. Segundo o diretor de agricultor, Douglas Braun, será um momento propício para apresentar as principais mudanças na produção e no armazenamento do leite cru, da normativa que entrou em vigor no dia 30 de maio. 

 

Conforme Braun, os produtores ainda têm muitas dúvidas sobre as normativas. “Esses encontros serão fundamentais para esclarecermos quais as principais exigências previstas nas NRs e de que forma os produtores precisam proceder para estarem adequados. Serão reuniões muito importantes para o setor produtivo. O município de Arabutã possui um número expressivo de produtores de leite e é essencial que todos estejam bem informados sobre esse assunto”, destaca.

 

O objetivo das NRs 76 e 77 é buscar uma qualidade maior para o leite produzido no país. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), .com o alcance de mais qualificação no leite serão aumentadas as exportações, pelo fato dos produtos lácteos brasileiros ocuparem de maneira competitiva o mercado internacional, o que irá aumentar também a renda do produtor rural e da indústria.

 

Outro ponto positivo em busca de mais qualidade do leite, ao envolver todos os elos da cadeia produtiva, será a diminuição de riscos de fraudes no produto. Além disso, todos os produtores serão inclusos no processo de produção - pequenos, médios e grandes - pois a meta é que todo o produtor, mesmo aquele que não atendia aos padrões de qualidade da legislação, seja contemplado no processo de produção.

 

(PG Comunicação)