Agronegócio

27 nov 23 | 9h51 Por Alisson Martins

Frango: farelo de soja fica mais caro para o avicultor; milho segue estável

Valorizações intensas do insumo em relação ao animal vivo diminui poder aquisitivo do criador paulista

Frango: farelo de soja fica mais caro para o avicultor; milho segue estável
Imprimir

O poder de compra do avicultor paulista frente ao farelo de soja caiu neste mês. Segundo pesquisadores do Cepea, isso se deve às valorizações mais intensas do derivado em relação às do frango vivo.


Já frente ao milho, outro importante insumo da atividade, verifica-se sustentação no poder de compra do avicultor. Segundo agentes consultados pela Equipe de Proteína Animal do Cepea, os aumentos do frango vivo estão atrelados sobretudo ao menor ritmo de produção nas agroindústrias ao longo deste mês.


Isso porque os feriados registrados em novembro resultaram em diminuição nos dias úteis para abate. Consequentemente, houve queda na disponibilidade interna de carne. 


Canal Rural

27 nov 23 | 9h51 Por Alisson Martins

Frango: farelo de soja fica mais caro para o avicultor; milho segue estável

Valorizações intensas do insumo em relação ao animal vivo diminui poder aquisitivo do criador paulista

Frango: farelo de soja fica mais caro para o avicultor; milho segue estável

O poder de compra do avicultor paulista frente ao farelo de soja caiu neste mês. Segundo pesquisadores do Cepea, isso se deve às valorizações mais intensas do derivado em relação às do frango vivo.


Já frente ao milho, outro importante insumo da atividade, verifica-se sustentação no poder de compra do avicultor. Segundo agentes consultados pela Equipe de Proteína Animal do Cepea, os aumentos do frango vivo estão atrelados sobretudo ao menor ritmo de produção nas agroindústrias ao longo deste mês.


Isso porque os feriados registrados em novembro resultaram em diminuição nos dias úteis para abate. Consequentemente, houve queda na disponibilidade interna de carne. 


Canal Rural