Agronegócio

07 out 20 | 12h20 Por Jocimar Soares

Aumenta a demanda por transporte de água para localidades do interior

Escassez de chuva nos últimos meses agrava a situação e dois caminhões realizam o serviço diariamente

Aumenta a demanda por transporte de água para localidades do interior
Imprimir

A Prefeitura de Concórdia está intensificando o transporte de água para o consumo humano e animal para várias propriedades rurais no interior de Concórdia. Conforme informações obtidas pela reportagem da Aliança, as entregas estão mais concentradas na região que compreende as comunidades de Planalto, Cachimbo e Linha Saltinho. Aproximadamente, são 10 cargas de água entregues por dia, ante uma média de quatro cargas diárias para abastecer essa mesma região.


De acordo com informações, o objetivo desse abastecimento é manter a granjas produtoras de animais e, também, para o consumo humano. Dois caminhões, sendo um da Prefeitura e outro terceirizado realizam o serviço todos os dias.


A chuva mal distribuída nos últimos meses é apontada como principal razão para esse problema no abastecimento de água. Conforme dados da Estação Agrometeorológica da Embrapa Suínos e Aves, não houve chuva nesse mês de outubro. No mês de setembro, o índice pluviométrico foi de 69 milímetros; em agosto foram 131mm; e em julho, 142mm, valores abaixo da média histórica para esses meses.

07 out 20 | 12h20 Por Jocimar Soares

Aumenta a demanda por transporte de água para localidades do interior

Escassez de chuva nos últimos meses agrava a situação e dois caminhões realizam o serviço diariamente

Aumenta a demanda por transporte de água para localidades do interior

A Prefeitura de Concórdia está intensificando o transporte de água para o consumo humano e animal para várias propriedades rurais no interior de Concórdia. Conforme informações obtidas pela reportagem da Aliança, as entregas estão mais concentradas na região que compreende as comunidades de Planalto, Cachimbo e Linha Saltinho. Aproximadamente, são 10 cargas de água entregues por dia, ante uma média de quatro cargas diárias para abastecer essa mesma região.


De acordo com informações, o objetivo desse abastecimento é manter a granjas produtoras de animais e, também, para o consumo humano. Dois caminhões, sendo um da Prefeitura e outro terceirizado realizam o serviço todos os dias.


A chuva mal distribuída nos últimos meses é apontada como principal razão para esse problema no abastecimento de água. Conforme dados da Estação Agrometeorológica da Embrapa Suínos e Aves, não houve chuva nesse mês de outubro. No mês de setembro, o índice pluviométrico foi de 69 milímetros; em agosto foram 131mm; e em julho, 142mm, valores abaixo da média histórica para esses meses.