Geral

05 ago 19 | 14h16 Por Analu Slongo

Trabalhadores da BRF terão 5,07% de reajuste

Aumento de salário será depositado no pagamento do mês de agosto, com valores retroativos a maio

Trabalhadores da BRF terão 5,07% de reajuste
Imprimir

Os trabalhadores da empresa BRF vão receber no salário pago neste mês o reajuste de 5,07%. A proposta foi aprovada em votação realizada pelo Sintrial na sexta-feira, 2 de agosto, e teve 89,5% de aceitação. Este percentual corresponde a 100% da inflação do período, considerando o mês de maio como data-base. Isso significa que além do aumento, no salário de agosto os trabalhadores vão receber o valor retroativo a maio.


Com esse reajuste, o piso salarial para quem for contratado pela BRF agora, depois da negociação, será de R$ 1.234,50 e R$1.290,00 para a efetivação após os meses de experiência. A partir de maio de 2020 os trabalhadores da BRF também vão receber 5% do piso de efetivação (R$ 64,5) de auxilio creche. Terá direito a esse benefício as mães, pais viúvos ou com guarda judicial a partir do retorno da licença-maternidade ao trabalho, incluindo o período de férias. O valor será pago até que a criança complete dois anos.


Outros pontos da negociação salarial


- Quinquênio: cinco benefícios de 3% com aumento no teto de R$ 2,2 mil;


- Créditos no cartão: três de R$ 175,00 (maio a julho) + 5 de R$ 180,00 (agosto a dezembro) + 4 de R$ 190,00 (janeiro a abril de 2020). A participação do trabalhador nesses valores permanece os R$ 10,00;


- Aporte no cartão alimentação: três de R$ 100,00, considerando que o funcionário perde em caso de faltas injustificadas. Os aportes serão pagos nas datas: 20/12/2019, 20/02/2020 e 20/04/2020;


- Kit produto BRF: R$ 50,00, pago na Páscoa para quem recebeu os três aportes;


- 12 minutos por dia de troca de uniforme pagos em folha de pagamento + 2 dias de folga, sendo os dias 24 e 31/12/2019. Para o setor de manutenção a folga será de um dia;


- Entrega do atestado médico passando de 36h para 48h;


- Licenças-maternidade permanecem os 180 dias e paternidade de 20 dias, conforme acordo anterior;


- As rescisões de contrato serão realizadas no sindicato apenas para os trabalhadores associados, independentemente do tempo de serviço;


- Renovação das demais cláusulas existentes no Acordo Coletivo anterior.


Fonte: Andrieli Trindade / ASCOM Sintrial


05 ago 19 | 14h16 Por Analu Slongo

Trabalhadores da BRF terão 5,07% de reajuste

Aumento de salário será depositado no pagamento do mês de agosto, com valores retroativos a maio

Trabalhadores da BRF terão 5,07% de reajuste

Os trabalhadores da empresa BRF vão receber no salário pago neste mês o reajuste de 5,07%. A proposta foi aprovada em votação realizada pelo Sintrial na sexta-feira, 2 de agosto, e teve 89,5% de aceitação. Este percentual corresponde a 100% da inflação do período, considerando o mês de maio como data-base. Isso significa que além do aumento, no salário de agosto os trabalhadores vão receber o valor retroativo a maio.


Com esse reajuste, o piso salarial para quem for contratado pela BRF agora, depois da negociação, será de R$ 1.234,50 e R$1.290,00 para a efetivação após os meses de experiência. A partir de maio de 2020 os trabalhadores da BRF também vão receber 5% do piso de efetivação (R$ 64,5) de auxilio creche. Terá direito a esse benefício as mães, pais viúvos ou com guarda judicial a partir do retorno da licença-maternidade ao trabalho, incluindo o período de férias. O valor será pago até que a criança complete dois anos.


Outros pontos da negociação salarial


- Quinquênio: cinco benefícios de 3% com aumento no teto de R$ 2,2 mil;


- Créditos no cartão: três de R$ 175,00 (maio a julho) + 5 de R$ 180,00 (agosto a dezembro) + 4 de R$ 190,00 (janeiro a abril de 2020). A participação do trabalhador nesses valores permanece os R$ 10,00;


- Aporte no cartão alimentação: três de R$ 100,00, considerando que o funcionário perde em caso de faltas injustificadas. Os aportes serão pagos nas datas: 20/12/2019, 20/02/2020 e 20/04/2020;


- Kit produto BRF: R$ 50,00, pago na Páscoa para quem recebeu os três aportes;


- 12 minutos por dia de troca de uniforme pagos em folha de pagamento + 2 dias de folga, sendo os dias 24 e 31/12/2019. Para o setor de manutenção a folga será de um dia;


- Entrega do atestado médico passando de 36h para 48h;


- Licenças-maternidade permanecem os 180 dias e paternidade de 20 dias, conforme acordo anterior;


- As rescisões de contrato serão realizadas no sindicato apenas para os trabalhadores associados, independentemente do tempo de serviço;


- Renovação das demais cláusulas existentes no Acordo Coletivo anterior.


Fonte: Andrieli Trindade / ASCOM Sintrial