Geral

11 set 19 | 6h00 Por Jocimar Soares

Situação da SC-283 será debatida em audiências em Mondaí e Concórdia

Frente parlamentar de apoio à rodovia será presidida pelo deputado Marcos Vieira.

Situação da SC-283 será debatida em audiências em Mondaí e Concórdia
Imprimir

As frentes parlamentares em Defesa das Rodovias do Grande Oeste e em Favor da Recuperação da SC-283, da Assembleia Legislativa, vão promover conjuntamente na sexta-feira (13), às 9h30, no Centro de Eventos de Mondaí, anexo ao Parque da Fruta, e às 16h, na Câmara de Vereadores de Concórdia, duas audiências públicas para discutir a atual situação da rodovia SC-283, uma das principais rotas de escoamento da produção agroindustrial da região Oeste do Estado.


Em Mondaí, será lançada oficialmente a Frente Parlamentar em Favor da Recuperação da SC-283, que terá como coordenador o deputado Marcos Vieira (PSDB) e apoio de 12 deputados.


As audiências foram propostas pelos deputados Altair Silva (PP) e Marcos Vieira, coordenadores das duas frentes parlamentares. Os eventos são abertos ao público e devem reunir lideranças políticas, empresariais e da comunidade em geral. A SC-283 inicia no entroncamento com a BR-153, em Concórdia, e vai até Mondaí - o trecho final, até Itapiranga, no Extremo Oeste, nunca foi finalizado e segue sem asfalto. De acordo com os deputados, a rodovia se encontra em situação caótica e é palco de frequentes acidentes e de problemas mecânicos devido aos trechos praticamente intransitáveis.


Construída nos anos de 1980, a rodovia tem 233 quilômetros e passa por 15 municípios, mas nunca foi recuperada, apenas recebeu operações tapa-buraco de forma paliativa.


Marcos Vieira explicou que as audiências foram divididas em duas etapas. A primeira, em Mondaí, envolverá os municípios entre Chapecó e Itapiranga. Já a audiência em Concórdia contará com a presença de lideranças dos municípios entre Chapecó e Concórdia. Ele informou que também foi convidado o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler, e representantes técnicos da secretaria para discutir a situação da rodovia.


“A SC-283 é uma das vias mais importantes da região. Somos grandes produtores de aves, suínos, leite e grãos, e essa rodovia é utilizada para o escoamento dessa produção, por isso precisamos revitalizar ela, dando mais segurança aos usuários. Além de que, ela faz importante conexão aos acessos com os estados vizinhos, Rio Grande do Sul e Paraná, permitindo ir até a Argentina”, comentou Altair Silva (PP), coordenador da Frente Parlamentar em Defesa das Rodovias do Grande Oeste.


Segundo Altair Silva, em 2018, de janeiro a agosto, foram 174 acidentes, envolvendo mais de 260 veículos e deixando 12 mortos na rodovia. Somente em 2019, foram oito mortes em 179 acidentes. “A rodovia não oferece terceiras faixas, fazendo com que os motoristas forcem ultrapassagens em locais proibidos, contribuindo para essas estatísticas.” Mondaí está em uma das extremidades pavimentadas da SC-283, isso porque a rodovia se encerra em Itapiranga – o trecho entre os dois municípios não é pavimentado e tem pouco mais de 45 quilômetros.


Concórdia


A audiência pública em Concórdia será realizada na Câmara de Vereadores, a partir das 16h, e foi solicitada pelo vereador Edno Gonçalves (PDT), que aprovou um documento no Legislativo local e o entregou ao deputado Altair. “A rodovia está em péssimas condições e não podemos mais esperar”, comentou o vereador. O evento também foi solicitado pelo presidente da Associação dos Vereadores do Alto Uruguai Catarinense (Avauc), vereador Vanderlei Canci (PP), de Irani.


“A SC-283 é uma das rodovias mais antigas do estado e extremamente importante para o agronegócio catarinense. Ao longo da rodovia estão instaladas empresas como a Sadia, Seara e JBS, que exportam seus produtos para o mundo todo. As audiências públicas têm como objetivo chamar atenção do governo estadual para a sua recuperação e a conclusão do trecho entre Mondaí e Itapiranga, que ainda não é pavimentado”, destacou Marcos Vieira.


(Fonte: Rodrigo Braga)


11 set 19 | 6h00 Por Jocimar Soares

Situação da SC-283 será debatida em audiências em Mondaí e Concórdia

Frente parlamentar de apoio à rodovia será presidida pelo deputado Marcos Vieira.

Situação da SC-283 será debatida em audiências em Mondaí e Concórdia

As frentes parlamentares em Defesa das Rodovias do Grande Oeste e em Favor da Recuperação da SC-283, da Assembleia Legislativa, vão promover conjuntamente na sexta-feira (13), às 9h30, no Centro de Eventos de Mondaí, anexo ao Parque da Fruta, e às 16h, na Câmara de Vereadores de Concórdia, duas audiências públicas para discutir a atual situação da rodovia SC-283, uma das principais rotas de escoamento da produção agroindustrial da região Oeste do Estado.


Em Mondaí, será lançada oficialmente a Frente Parlamentar em Favor da Recuperação da SC-283, que terá como coordenador o deputado Marcos Vieira (PSDB) e apoio de 12 deputados.


As audiências foram propostas pelos deputados Altair Silva (PP) e Marcos Vieira, coordenadores das duas frentes parlamentares. Os eventos são abertos ao público e devem reunir lideranças políticas, empresariais e da comunidade em geral. A SC-283 inicia no entroncamento com a BR-153, em Concórdia, e vai até Mondaí - o trecho final, até Itapiranga, no Extremo Oeste, nunca foi finalizado e segue sem asfalto. De acordo com os deputados, a rodovia se encontra em situação caótica e é palco de frequentes acidentes e de problemas mecânicos devido aos trechos praticamente intransitáveis.


Construída nos anos de 1980, a rodovia tem 233 quilômetros e passa por 15 municípios, mas nunca foi recuperada, apenas recebeu operações tapa-buraco de forma paliativa.


Marcos Vieira explicou que as audiências foram divididas em duas etapas. A primeira, em Mondaí, envolverá os municípios entre Chapecó e Itapiranga. Já a audiência em Concórdia contará com a presença de lideranças dos municípios entre Chapecó e Concórdia. Ele informou que também foi convidado o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler, e representantes técnicos da secretaria para discutir a situação da rodovia.


“A SC-283 é uma das vias mais importantes da região. Somos grandes produtores de aves, suínos, leite e grãos, e essa rodovia é utilizada para o escoamento dessa produção, por isso precisamos revitalizar ela, dando mais segurança aos usuários. Além de que, ela faz importante conexão aos acessos com os estados vizinhos, Rio Grande do Sul e Paraná, permitindo ir até a Argentina”, comentou Altair Silva (PP), coordenador da Frente Parlamentar em Defesa das Rodovias do Grande Oeste.


Segundo Altair Silva, em 2018, de janeiro a agosto, foram 174 acidentes, envolvendo mais de 260 veículos e deixando 12 mortos na rodovia. Somente em 2019, foram oito mortes em 179 acidentes. “A rodovia não oferece terceiras faixas, fazendo com que os motoristas forcem ultrapassagens em locais proibidos, contribuindo para essas estatísticas.” Mondaí está em uma das extremidades pavimentadas da SC-283, isso porque a rodovia se encerra em Itapiranga – o trecho entre os dois municípios não é pavimentado e tem pouco mais de 45 quilômetros.


Concórdia


A audiência pública em Concórdia será realizada na Câmara de Vereadores, a partir das 16h, e foi solicitada pelo vereador Edno Gonçalves (PDT), que aprovou um documento no Legislativo local e o entregou ao deputado Altair. “A rodovia está em péssimas condições e não podemos mais esperar”, comentou o vereador. O evento também foi solicitado pelo presidente da Associação dos Vereadores do Alto Uruguai Catarinense (Avauc), vereador Vanderlei Canci (PP), de Irani.


“A SC-283 é uma das rodovias mais antigas do estado e extremamente importante para o agronegócio catarinense. Ao longo da rodovia estão instaladas empresas como a Sadia, Seara e JBS, que exportam seus produtos para o mundo todo. As audiências públicas têm como objetivo chamar atenção do governo estadual para a sua recuperação e a conclusão do trecho entre Mondaí e Itapiranga, que ainda não é pavimentado”, destacou Marcos Vieira.


(Fonte: Rodrigo Braga)