Geral

15 mai 20 | 15h00 Por Analu Slongo

Segunda parcela do auxílio emergencial começa a ser paga na segunda-feira

Dinheiro é destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados

Segunda parcela do auxílio emergencial começa a ser paga na segunda-feira
Imprimir

O Ministério da Cidadania divulgou, nesta sexta-feira, 15 de maio, o calendário de pagamento e saques da segunda parcela de R$ 600 do auxílio emergencial, pago em três parcelas. Este dinheiro é destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados que perderam renda por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19). A segunda parcela começará a ser creditada na segunda-feira, dia 18.


Ao todo, cerca de 50 milhões de pessoas estão inscritas no programa. O benefício é pago para trabalhadores informais e pessoas de baixa renda, inscritos do cadastro social do governo e no Bolsa Família.


O calendário publicado nesta sexta-feira vale para as pessoas que receberam a primeira parcela até o dia de 30 de abril de 2020. Na tarde de hoje, está prevista entrevista coletiva, no Palácio do Planalto, para detalhar como será o pagamento.


Veja o calendário


- 20 de maio: nascidos em janeiro e fevereiro

- 21 de maio: nascidos em março e abril

- 22 de maio: nascidos em maio e junho

- 23 de maio: nascidos em julho e agosto

- 25 de maio: nascidos em setembro e outubro

- 26 de maio: nascidos em novembro e dezembro 



15 mai 20 | 15h00 Por Analu Slongo

Segunda parcela do auxílio emergencial começa a ser paga na segunda-feira

Dinheiro é destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados

Segunda parcela do auxílio emergencial começa a ser paga na segunda-feira

O Ministério da Cidadania divulgou, nesta sexta-feira, 15 de maio, o calendário de pagamento e saques da segunda parcela de R$ 600 do auxílio emergencial, pago em três parcelas. Este dinheiro é destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados que perderam renda por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19). A segunda parcela começará a ser creditada na segunda-feira, dia 18.


Ao todo, cerca de 50 milhões de pessoas estão inscritas no programa. O benefício é pago para trabalhadores informais e pessoas de baixa renda, inscritos do cadastro social do governo e no Bolsa Família.


O calendário publicado nesta sexta-feira vale para as pessoas que receberam a primeira parcela até o dia de 30 de abril de 2020. Na tarde de hoje, está prevista entrevista coletiva, no Palácio do Planalto, para detalhar como será o pagamento.


Veja o calendário


- 20 de maio: nascidos em janeiro e fevereiro

- 21 de maio: nascidos em março e abril

- 22 de maio: nascidos em maio e junho

- 23 de maio: nascidos em julho e agosto

- 25 de maio: nascidos em setembro e outubro

- 26 de maio: nascidos em novembro e dezembro