Geral

17 nov 21 | 17h21 Por André Krüger

Saretta volta a cobrar convocação de profissionais para IMA de Concórdia

Deputado pede pelo menos quatro profissionais em convocação emergencial

Saretta volta a cobrar convocação de profissionais para IMA de Concórdia
Imprimir

O deputado Neodi Saretta voltou a pedir ao Secretário de Estado da Agricultura, Altair Silva, a convocação emergencial de pelo menos quatro técnicos para atuarem na análise de licenças ambientais, junto Instituto do Meio Ambiente, IMA, de Concórdia. A solicitação foi formalizada nesta semana.


De acordo com Saretta, tendo em vista a grande quantidade de agroindústrias e produtores rurais na região, há muitos projetos aguardando por licenças ambientais e que não estão sendo elaborados pela falta de servidores. “Esse problema da falta de profissionais vem se arrastando por muito tempo e com isso está um acúmulo de processos em análise. Por isso, a necessidade de mais profissionais para suprir a demanda da região”.


Saretta reforça que muitas famílias dependem da atividade agrícola e que a morosidade no andamento dos processos tem causado prejuízo principalmente na agricultura e construção civil.


Fonte: Ascom

17 nov 21 | 17h21 Por André Krüger

Saretta volta a cobrar convocação de profissionais para IMA de Concórdia

Deputado pede pelo menos quatro profissionais em convocação emergencial

Saretta volta a cobrar convocação de profissionais para IMA de Concórdia

O deputado Neodi Saretta voltou a pedir ao Secretário de Estado da Agricultura, Altair Silva, a convocação emergencial de pelo menos quatro técnicos para atuarem na análise de licenças ambientais, junto Instituto do Meio Ambiente, IMA, de Concórdia. A solicitação foi formalizada nesta semana.


De acordo com Saretta, tendo em vista a grande quantidade de agroindústrias e produtores rurais na região, há muitos projetos aguardando por licenças ambientais e que não estão sendo elaborados pela falta de servidores. “Esse problema da falta de profissionais vem se arrastando por muito tempo e com isso está um acúmulo de processos em análise. Por isso, a necessidade de mais profissionais para suprir a demanda da região”.


Saretta reforça que muitas famílias dependem da atividade agrícola e que a morosidade no andamento dos processos tem causado prejuízo principalmente na agricultura e construção civil.


Fonte: Ascom