Geral

22 nov 21 | 17h11 Por André Krüger

Saretta pede inclusão de angiotomografia coronariana nos procedimentos ofertados pelo SUS

Pedido foi feio na Alesc nos últimos dias

Saretta pede inclusão de angiotomografia coronariana nos procedimentos ofertados pelo SUS
Imprimir

O deputado Neodi Saretta, do PT concordiense, que também é presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, encaminhou um pedido ao Ministério da Saúde para que o procedimento conhecido como angiotomografia coronariana seja incluída no rol do Sistema Único de Saúde, SUS. O exame é indicado para investigar e avaliar doenças dos vasos sanguíneos como aneurismas ou bloqueios em várias regiões do corpo, inclusive o coração. Ele ajuda a determinar se o acúmulo de placas ou gorduras estreitou as artérias coronárias e qual é o grau de bloqueio do fluxo sanguíneo.


“O exame é muito importante para descobrir doenças cardíacas, no entanto, possui um alto custo e a maioria da população não têm condições de pagar, por isso a necessidade de ser incluído na lista de procedimentos ofertados pelo SUS”, disse o deputado.


Essa solicitação foi feita nos últimos dias na Assembleia Legislativa.


(Com informações de Susana Rigo/Especial)

22 nov 21 | 17h11 Por André Krüger

Saretta pede inclusão de angiotomografia coronariana nos procedimentos ofertados pelo SUS

Pedido foi feio na Alesc nos últimos dias

Saretta pede inclusão de angiotomografia coronariana nos procedimentos ofertados pelo SUS

O deputado Neodi Saretta, do PT concordiense, que também é presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, encaminhou um pedido ao Ministério da Saúde para que o procedimento conhecido como angiotomografia coronariana seja incluída no rol do Sistema Único de Saúde, SUS. O exame é indicado para investigar e avaliar doenças dos vasos sanguíneos como aneurismas ou bloqueios em várias regiões do corpo, inclusive o coração. Ele ajuda a determinar se o acúmulo de placas ou gorduras estreitou as artérias coronárias e qual é o grau de bloqueio do fluxo sanguíneo.


“O exame é muito importante para descobrir doenças cardíacas, no entanto, possui um alto custo e a maioria da população não têm condições de pagar, por isso a necessidade de ser incluído na lista de procedimentos ofertados pelo SUS”, disse o deputado.


Essa solicitação foi feita nos últimos dias na Assembleia Legislativa.


(Com informações de Susana Rigo/Especial)