Geral

10 mai 22 | 9h25 Por Jocimar Soares

Óleo diesel está 8,8% mais caro para as distribuidoras

Aumento foi anunciado pela Petrobrás na segunda-feira, dia 9

Óleo diesel está 8,8% mais caro para as distribuidoras
Imprimir

A terça-feira, dia 10, começou com aumento de 8,8% no valor do óleo diesel no Brasil para as distribuidoras. Agora, o combustível passa a custar R$ 4,91, e não mais R$ 4,51, por litro. O anúncio da mudança ocorreu na segunda-feira, dia 9.


Segundo a estatal, o preço não era reajustado há 60 dias. Já os valores atuais cobrados pela gasolina e pelo GLP foram mantidos.


10% de biodiesel no diesel comercializado, “a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 4,06, em média, para R$ 4,42 a cada litro vendido na bomba”. Com isso, a variação seria de R$ 0,36 por litro.


A companhia afirma que a alta “segue outros fornecedores de combustíveis no Brasil que já promoveram ajustes nos seus preços de venda acompanhando os preços de mercado”.


De acordo com a Petrobras, o último reajuste no preço do diesel, em 11 de março, refletiu apenas uma parte da alta observada nos preços de mercado.


(Com informações da CNN Brasil)

10 mai 22 | 9h25 Por Jocimar Soares

Óleo diesel está 8,8% mais caro para as distribuidoras

Aumento foi anunciado pela Petrobrás na segunda-feira, dia 9

Óleo diesel está 8,8% mais caro para as distribuidoras

A terça-feira, dia 10, começou com aumento de 8,8% no valor do óleo diesel no Brasil para as distribuidoras. Agora, o combustível passa a custar R$ 4,91, e não mais R$ 4,51, por litro. O anúncio da mudança ocorreu na segunda-feira, dia 9.


Segundo a estatal, o preço não era reajustado há 60 dias. Já os valores atuais cobrados pela gasolina e pelo GLP foram mantidos.


10% de biodiesel no diesel comercializado, “a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 4,06, em média, para R$ 4,42 a cada litro vendido na bomba”. Com isso, a variação seria de R$ 0,36 por litro.


A companhia afirma que a alta “segue outros fornecedores de combustíveis no Brasil que já promoveram ajustes nos seus preços de venda acompanhando os preços de mercado”.


De acordo com a Petrobras, o último reajuste no preço do diesel, em 11 de março, refletiu apenas uma parte da alta observada nos preços de mercado.


(Com informações da CNN Brasil)