Geral

10 set 21 | 12h54 Por Jocimar Soares

Morre o ex-diretor do Senai de Concórdia, Rogério Mattos

Ele passou mal em função de problema cardíaco, foi levado ao hospital, mas não resistiu. Fato aconteceu no MS

Morre o ex-diretor do Senai de Concórdia, Rogério Mattos
Imprimir

Faleceu nas últimas horas o ex-diretor da unidade do Senai de Concórdia, Rogério Mattos, 56 anos. Ele estava no Mato Grosso do Sul e a Federação das Indústrias desse estado lançou nota de pesar pela morte. Conforme informações, ele passou mal nas últimas horas devido a um problema cardíaco. Ele estava na cidade de Rio Verde de Mato Grosso, onde cumpria agenda de trabalho. Ele foi socorrido e levado para o hospital, mas não resistiu.


Mattos estava à frente da gerência do Senai na região sul de Mato Grosso do Sul há um ano e 11 meses. Graduado em Engenharia Elétrica e técnico em mecânica, compartilhava a experiência com a equipe e era muito querido pelos colaboradores. Além de Mato Grosso do Sul, Rogério também passou por outras unidades do Sistema pelo País, como Mato Grosso e Santa Catarina.


Em Concórdia, Rogério Mattos trabalhou como diretor até abril de 2011, quando saiu transferido para Tijucas.


10 set 21 | 12h54 Por Jocimar Soares

Morre o ex-diretor do Senai de Concórdia, Rogério Mattos

Ele passou mal em função de problema cardíaco, foi levado ao hospital, mas não resistiu. Fato aconteceu no MS

Morre o ex-diretor do Senai de Concórdia, Rogério Mattos

Faleceu nas últimas horas o ex-diretor da unidade do Senai de Concórdia, Rogério Mattos, 56 anos. Ele estava no Mato Grosso do Sul e a Federação das Indústrias desse estado lançou nota de pesar pela morte. Conforme informações, ele passou mal nas últimas horas devido a um problema cardíaco. Ele estava na cidade de Rio Verde de Mato Grosso, onde cumpria agenda de trabalho. Ele foi socorrido e levado para o hospital, mas não resistiu.


Mattos estava à frente da gerência do Senai na região sul de Mato Grosso do Sul há um ano e 11 meses. Graduado em Engenharia Elétrica e técnico em mecânica, compartilhava a experiência com a equipe e era muito querido pelos colaboradores. Além de Mato Grosso do Sul, Rogério também passou por outras unidades do Sistema pelo País, como Mato Grosso e Santa Catarina.


Em Concórdia, Rogério Mattos trabalhou como diretor até abril de 2011, quando saiu transferido para Tijucas.