Geral

18 fev 21 | 19h11 Por Jocimar Soares

Concórdia confirma segundo caso de dengue no município

Caso é considerado autóctone, ou seja, contraído dentro na cidade

Concórdia confirma segundo caso de dengue no município
Imprimir

Uma mulher de aproximadamente 20 anos de idade é o segundo caso de dengue confirmado em Concórdia neste ano de 2021. A informação é da Vigilância Epidemiológica de Concórdia. O resultado do exame pelo Lacen foi divulgado na tarde desta quinta-feira, dia 18. Ela é moradora do bairro Nazaré, em Concórdia.


O primeiro de dengue nesse ano de 2021 foi confirmado no começo desta semana. A paciente também é uma mulher, de 25 anos, que mora no bairro Natureza e trabalha nas imediações do bairro Nazaré, onde reside esta segunda paciente. As duas estão estáveis e se recuperam em casa.


A Secretaria Municipal da Saúde de Concórdia trata os dois casos como autóctones, ou seja, contraídos dentro do município.


A dengue é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Os principais sintomas são dores nos músculos, atrás dos olhos, cabeça, costas, abdômen, ossos, articulações, além de febre, fadiga, mal-estar, perda de apetite, tremor ou suor, manchas avermelhadas e náusea.


18 fev 21 | 19h11 Por Jocimar Soares

Concórdia confirma segundo caso de dengue no município

Caso é considerado autóctone, ou seja, contraído dentro na cidade

Concórdia confirma segundo caso de dengue no município

Uma mulher de aproximadamente 20 anos de idade é o segundo caso de dengue confirmado em Concórdia neste ano de 2021. A informação é da Vigilância Epidemiológica de Concórdia. O resultado do exame pelo Lacen foi divulgado na tarde desta quinta-feira, dia 18. Ela é moradora do bairro Nazaré, em Concórdia.


O primeiro de dengue nesse ano de 2021 foi confirmado no começo desta semana. A paciente também é uma mulher, de 25 anos, que mora no bairro Natureza e trabalha nas imediações do bairro Nazaré, onde reside esta segunda paciente. As duas estão estáveis e se recuperam em casa.


A Secretaria Municipal da Saúde de Concórdia trata os dois casos como autóctones, ou seja, contraídos dentro do município.


A dengue é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Os principais sintomas são dores nos músculos, atrás dos olhos, cabeça, costas, abdômen, ossos, articulações, além de febre, fadiga, mal-estar, perda de apetite, tremor ou suor, manchas avermelhadas e náusea.