Esportes

21 out 19 | 16h10 Por Jocimar Soares

Romani inicia disputa nos Jogos Mundiais Militares na China

Evento será disputado até o fim de semana, nas modalidades do atletismo. Competição começou na última semana.

Romani inicia disputa nos Jogos Mundiais Militares na China
Imprimir

O concordiense Darlan Romani inicia nesta semana a disputa no arremesso de peso nos Jogos Mundiais Militares, que estão acontecendo desde a última semana na cidade de Wuhan, na China. O atleta e sargento da Aeronáutica vai competir no arremesso de peso.


Darlan Romani, do arremesso de peso, é uma das promessas de medalha para o Brasil. O catarinense ficou em quarto lugar no Campeonato Mundial de Atletismo, realizado no início deste mês em Doha, no Catar.  


"É mais uma competição em que a gente vai encarar grandes atletas do mundo. Atletas que participaram do Mundial e têm índice olímpico também estarão presentes nessa edição dos jogos. Mais uma vez estaremos nos enfrentando e vendo o nível da competição", disse ele.


Classificado para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que serão disputados no ano que vem, ele ressalta ainda que a competição permite aprimoramentos inclusive no modo de se preparar e se concentrar para as provas. "Tudo isso você vai aprendendo em cada competição".

21 out 19 | 16h10 Por Jocimar Soares

Romani inicia disputa nos Jogos Mundiais Militares na China

Evento será disputado até o fim de semana, nas modalidades do atletismo. Competição começou na última semana.

Romani inicia disputa nos Jogos Mundiais Militares na China

O concordiense Darlan Romani inicia nesta semana a disputa no arremesso de peso nos Jogos Mundiais Militares, que estão acontecendo desde a última semana na cidade de Wuhan, na China. O atleta e sargento da Aeronáutica vai competir no arremesso de peso.


Darlan Romani, do arremesso de peso, é uma das promessas de medalha para o Brasil. O catarinense ficou em quarto lugar no Campeonato Mundial de Atletismo, realizado no início deste mês em Doha, no Catar.  


"É mais uma competição em que a gente vai encarar grandes atletas do mundo. Atletas que participaram do Mundial e têm índice olímpico também estarão presentes nessa edição dos jogos. Mais uma vez estaremos nos enfrentando e vendo o nível da competição", disse ele.


Classificado para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que serão disputados no ano que vem, ele ressalta ainda que a competição permite aprimoramentos inclusive no modo de se preparar e se concentrar para as provas. "Tudo isso você vai aprendendo em cada competição".