Esportes

07 mar 20 | 22h40 Por Jocimar Soares

Jogadores do Tubarão cobram salários atrasados

Assim como o Concórdia, o Tubarão briga pela permanência na série A do Catarinense.

Jogadores do Tubarão cobram salários atrasados
Imprimir

Os jogadores do Clube Atlético Tubarão SPE realizaram um prostesto na manhã deste sábado, 7, cobrando da K2 Soccer S/A e da Baltoro Group o salário de dois meses atrasados. Em um vídeo lançado nas redes sociais, o goleiro Lee fala em nome de todo o grupo, que presa para que as empresas passem a real situação que o clube enfrenta. As informações são do repórter do Timaço da Som Maior, Eduardo Ventura. 


No vídeo lançado, o goleiro Lee está reunido junto aos demais jogadores solicitando respostas. "Estamos reunidos em grupo para mostrar a insatisfação com a empresa K2 e Baltoro e a que são as responsáveis pelo clube e deveria passar alguma informação para nós jogadores, para dar satisfação para as famílias e deixar ao máximo as coisas transparecer para a gente", comenta.


Conforme o jogador, eles continuam atuando e não recebem respostas. "Só queria que quem estivesse vendo desse uma satisfação para a gente, que as informações que nós temos é que tem dinheiro bloqueado, que tá acontecendo isso, tá acontecendo aquilo, mas não passa a verdadeira situação para o jogador, a real situação dos jogadores. E a gente entrando em campo dando o máximo, treinando dia após dia, a nossa parte nós estamos fazendo e nós queríamos que vocês fizessem a parte de vocês", completa. 


Segundo o diretor de futebol do Clube, Abel Ribeiro, a empresa busca recursos para sanar a questão. "Eles têm o direito de fazer suas reivindicações, agora a empresa que administra o clube, está buscando recursos para quitar essas questões, há algumas questões de dinheiro que estão em outras instituições que não foram liberadas para empresa, por isso houve esse problema de caixa", explica. 


Os funcionários e o Staff do clube receberam somente o salário de janeiro. O time joga contra o Marcílio Dias amanhã, às 16h no estádio Dr. Hercílio Luz, em Itajaí.


(Fonte: Esporte de Primeira/Eduardo Ventura)

07 mar 20 | 22h40 Por Jocimar Soares

Jogadores do Tubarão cobram salários atrasados

Assim como o Concórdia, o Tubarão briga pela permanência na série A do Catarinense.

Jogadores do Tubarão cobram salários atrasados

Os jogadores do Clube Atlético Tubarão SPE realizaram um prostesto na manhã deste sábado, 7, cobrando da K2 Soccer S/A e da Baltoro Group o salário de dois meses atrasados. Em um vídeo lançado nas redes sociais, o goleiro Lee fala em nome de todo o grupo, que presa para que as empresas passem a real situação que o clube enfrenta. As informações são do repórter do Timaço da Som Maior, Eduardo Ventura. 


No vídeo lançado, o goleiro Lee está reunido junto aos demais jogadores solicitando respostas. "Estamos reunidos em grupo para mostrar a insatisfação com a empresa K2 e Baltoro e a que são as responsáveis pelo clube e deveria passar alguma informação para nós jogadores, para dar satisfação para as famílias e deixar ao máximo as coisas transparecer para a gente", comenta.


Conforme o jogador, eles continuam atuando e não recebem respostas. "Só queria que quem estivesse vendo desse uma satisfação para a gente, que as informações que nós temos é que tem dinheiro bloqueado, que tá acontecendo isso, tá acontecendo aquilo, mas não passa a verdadeira situação para o jogador, a real situação dos jogadores. E a gente entrando em campo dando o máximo, treinando dia após dia, a nossa parte nós estamos fazendo e nós queríamos que vocês fizessem a parte de vocês", completa. 


Segundo o diretor de futebol do Clube, Abel Ribeiro, a empresa busca recursos para sanar a questão. "Eles têm o direito de fazer suas reivindicações, agora a empresa que administra o clube, está buscando recursos para quitar essas questões, há algumas questões de dinheiro que estão em outras instituições que não foram liberadas para empresa, por isso houve esse problema de caixa", explica. 


Os funcionários e o Staff do clube receberam somente o salário de janeiro. O time joga contra o Marcílio Dias amanhã, às 16h no estádio Dr. Hercílio Luz, em Itajaí.


(Fonte: Esporte de Primeira/Eduardo Ventura)