Esportes

21 set 20 | 9h19 Por Jocimar Soares

Fase Micro dos Jasc em Itá ainda sem data para ser realizada

Competição vale vaga para a Etapa Regional, que será em Xaxim

Fase Micro dos Jasc em Itá ainda sem data para ser realizada
Escute
Imprimir

Ainda não há data prevista para a realização da fase microrregional dos Jogos Abertos de Santa Catarina. A competição depende do comportamento da pandemia do coronavírus para ser realizada e envolve as equipes da microrregião da Amauc. A etapa é classificatória para a fase regional do Jasc, que será em Xaxim, também com data para ser marcada. Esta fase também é classificatória para a Estadual, que será nas cidades de Florianópolis, Blumenau, Timbó, Balneário Camboriú e Rio do Sul. 


O impasse está na bandeira laranja (risco grave) que hoje se encontra a microrregião da Amauc. Conforme portarias do Governo do Estado, essas competições esportivas da Fesporte só poderiam ser feitas em regiões com no máximo bandeira amarela (risco alto).


O assunto foi abordado no programa Aliança Esportes, na tarde do último sábado, dia 19. O diretor interino de Esportes, Gilson Wiggers, falou sobre esse impasse.

21 set 20 | 9h19 Por Jocimar Soares

Fase Micro dos Jasc em Itá ainda sem data para ser realizada

Competição vale vaga para a Etapa Regional, que será em Xaxim

Fase Micro dos Jasc em Itá ainda sem data para ser realizada

Ainda não há data prevista para a realização da fase microrregional dos Jogos Abertos de Santa Catarina. A competição depende do comportamento da pandemia do coronavírus para ser realizada e envolve as equipes da microrregião da Amauc. A etapa é classificatória para a fase regional do Jasc, que será em Xaxim, também com data para ser marcada. Esta fase também é classificatória para a Estadual, que será nas cidades de Florianópolis, Blumenau, Timbó, Balneário Camboriú e Rio do Sul. 


O impasse está na bandeira laranja (risco grave) que hoje se encontra a microrregião da Amauc. Conforme portarias do Governo do Estado, essas competições esportivas da Fesporte só poderiam ser feitas em regiões com no máximo bandeira amarela (risco alto).


O assunto foi abordado no programa Aliança Esportes, na tarde do último sábado, dia 19. O diretor interino de Esportes, Gilson Wiggers, falou sobre esse impasse.