Esportes

20 set 19 | 16h32 Por Jocimar Soares

Barroso pode desistir da série A e Juventus pode herdar a vaga

Equipe de Itajaí alega dificuldades para desistir da série A da competição.

Barroso pode desistir da série A e Juventus pode herdar a vaga
Imprimir

Depois de fazer uma grande campanha e subir com antecedência para a Séria A, o Almirante Barroso vai protocolar na FCF nesta Sexta-Feira a sua desistência da competição. Problemas internos e as exigências da FCF em questões estruturais foram determinantes para esta decisão.


O principal beneficiado será o Juventus de Jaraguá do Sul, como ficou em terceiro lugar o clube vai herdar a vaga do Almirante. A informação seria oficializada nesta sexta-feira, mas acabou vazando antes na cidade de Jaraguá.


Uso do CNPJ / Obras


Apesar de ventilada na imprensa a possibilidade do Almirante Barroso jogar a Série A utilizando apenas o nome do Juventus, mas utilizando o seu CNPJ não procede. O que deve ser realmente confirmado nesta sexta-feira é a desistência do Barroso. O Juventus vai herdar a vaga e jogar com o seu próprio CNPJ e nome.


O anúncio oficial por parte do Juventus deve acontecer na próxima semana, o clube até já fez orçamentos para as obras necessárias no Estádio João Marcato. Os valores giram em torno de R$ 400 mil para a troca do gramado.


Em entrevista ao Jornal O Correio do Povo, Paulo Ricardo Marcelino, diretor de marketing do Juventus, espera apoio dos empresários e fala sobre as obras necessárias.


“O nosso trabalho vai continuar, mas precisamos ver se Jaraguá do Sul vai abraçar o Juventus e se os empresários vão querer ver o clube novamente na Série A depois de seis anos, com um trabalho correto que está sendo feito desde 2016”


“A nossa maior dificuldade hoje é a troca do gramado. Vamos lançar campanhas e fazer tudo que estiver ao nosso alcance, mas precisamos da ajuda do empresário. A Série A começa em janeiro e precisamos começar as obras o quanto antes para que em dezembro estejam prontas”


Parceria Juventus/Barroso


A partir deste anúncio feito, nada impede que aconteça uma parceria entre os dois clubes. O Almirante Barroso tem uma equipe montada disputando a Copa Santa Catarina e um empresário que pode ser investidor, vale somar a isso o fato de que Hudson Moura não está satisfeito com a atual parceria feita em Itajaí, uma parceria mais longa com o Juventus pode ser um bom caminho para o seu projeto.


O principal problema em Itajaí é a quantidade de melhorias necessárias no estádio. Em Jaraguá após a troca do gramado e alguns poucos ajustes o estádio esta pronto. Em Itajaí existem problemas entre o Barroso Futebol e Clube Barroso Social, em Jaraguá existe um clube abraçado pela cidade e investidores para dividir os aportes financeiros.


Em Itajaí a média de público do Almirante Barroso foi bem baixa em 2019, mesmo sendo líder da competição de ponta a ponta, em Jaraguá o público foi o maior da Série B e é a maior torcida da cidade.


Os pontos para uma parceria surgir são vários, caso aconteça seria uma boa soma de forças e surgiria desta parceria um clube ainda mais forte do que o Juventus demonstra ser.

20 set 19 | 16h32 Por Jocimar Soares

Barroso pode desistir da série A e Juventus pode herdar a vaga

Equipe de Itajaí alega dificuldades para desistir da série A da competição.

Barroso pode desistir da série A e Juventus pode herdar a vaga

Depois de fazer uma grande campanha e subir com antecedência para a Séria A, o Almirante Barroso vai protocolar na FCF nesta Sexta-Feira a sua desistência da competição. Problemas internos e as exigências da FCF em questões estruturais foram determinantes para esta decisão.


O principal beneficiado será o Juventus de Jaraguá do Sul, como ficou em terceiro lugar o clube vai herdar a vaga do Almirante. A informação seria oficializada nesta sexta-feira, mas acabou vazando antes na cidade de Jaraguá.


Uso do CNPJ / Obras


Apesar de ventilada na imprensa a possibilidade do Almirante Barroso jogar a Série A utilizando apenas o nome do Juventus, mas utilizando o seu CNPJ não procede. O que deve ser realmente confirmado nesta sexta-feira é a desistência do Barroso. O Juventus vai herdar a vaga e jogar com o seu próprio CNPJ e nome.


O anúncio oficial por parte do Juventus deve acontecer na próxima semana, o clube até já fez orçamentos para as obras necessárias no Estádio João Marcato. Os valores giram em torno de R$ 400 mil para a troca do gramado.


Em entrevista ao Jornal O Correio do Povo, Paulo Ricardo Marcelino, diretor de marketing do Juventus, espera apoio dos empresários e fala sobre as obras necessárias.


“O nosso trabalho vai continuar, mas precisamos ver se Jaraguá do Sul vai abraçar o Juventus e se os empresários vão querer ver o clube novamente na Série A depois de seis anos, com um trabalho correto que está sendo feito desde 2016”


“A nossa maior dificuldade hoje é a troca do gramado. Vamos lançar campanhas e fazer tudo que estiver ao nosso alcance, mas precisamos da ajuda do empresário. A Série A começa em janeiro e precisamos começar as obras o quanto antes para que em dezembro estejam prontas”


Parceria Juventus/Barroso


A partir deste anúncio feito, nada impede que aconteça uma parceria entre os dois clubes. O Almirante Barroso tem uma equipe montada disputando a Copa Santa Catarina e um empresário que pode ser investidor, vale somar a isso o fato de que Hudson Moura não está satisfeito com a atual parceria feita em Itajaí, uma parceria mais longa com o Juventus pode ser um bom caminho para o seu projeto.


O principal problema em Itajaí é a quantidade de melhorias necessárias no estádio. Em Jaraguá após a troca do gramado e alguns poucos ajustes o estádio esta pronto. Em Itajaí existem problemas entre o Barroso Futebol e Clube Barroso Social, em Jaraguá existe um clube abraçado pela cidade e investidores para dividir os aportes financeiros.


Em Itajaí a média de público do Almirante Barroso foi bem baixa em 2019, mesmo sendo líder da competição de ponta a ponta, em Jaraguá o público foi o maior da Série B e é a maior torcida da cidade.


Os pontos para uma parceria surgir são vários, caso aconteça seria uma boa soma de forças e surgiria desta parceria um clube ainda mais forte do que o Juventus demonstra ser.