Esportes

22 jan 21 | 9h11 Por Cristiano Mortari

Atiradoras de Concórdia são convocadas pela Confederação Brasileira de Tiros

Elas vão treinar no Rio de Janeiro e podem integrar a Seleção Brasileira em competições neste ano

Atiradoras de Concórdia são convocadas pela Confederação Brasileira de Tiros
Imprimir

As atiradoras Silvane Classer da Rosa e Sara Lais Classer, do Clube de Tiro, Caça e Pesca Esporte Espetacular de Concórdia foram convocadas pela Confederação Brasileira de Tiro Esportivo para treinamentos no Rio de Janeiro.


O técnico do Clube, Sergio Klaus, destaca que os treinos servem para a definição da seleção brasileira que possui diversas competições ao longo do ano. “O motivo de todos estes treinamentos para compor a equipe é porque não tivemos campeonatos estaduais em 2020, para que as melhores fossem convocadas diretas para a Seleção Brasileira”, ressalta.


Silvane Classer está no Rio de Janeiro e a previsão é de que Sara vá no começo de fevereiro. A seleção Brasileira tem neste ano a participação no Sul-Americano, Pan-Americano e Mundial.


Quanto as competições estaduais, Klaus explica que estão se organizando junto a Federação Catarinense dialogando com a Federação sobre as possibilidades de haver um Campeonato Normal, sendo em quatro dias por etapa ou um Regional dividido em três regiões. “São tratativas”, assegura.


Fonte: Francisco Ribeiro

22 jan 21 | 9h11 Por Cristiano Mortari

Atiradoras de Concórdia são convocadas pela Confederação Brasileira de Tiros

Elas vão treinar no Rio de Janeiro e podem integrar a Seleção Brasileira em competições neste ano

Atiradoras de Concórdia são convocadas pela Confederação Brasileira de Tiros

As atiradoras Silvane Classer da Rosa e Sara Lais Classer, do Clube de Tiro, Caça e Pesca Esporte Espetacular de Concórdia foram convocadas pela Confederação Brasileira de Tiro Esportivo para treinamentos no Rio de Janeiro.


O técnico do Clube, Sergio Klaus, destaca que os treinos servem para a definição da seleção brasileira que possui diversas competições ao longo do ano. “O motivo de todos estes treinamentos para compor a equipe é porque não tivemos campeonatos estaduais em 2020, para que as melhores fossem convocadas diretas para a Seleção Brasileira”, ressalta.


Silvane Classer está no Rio de Janeiro e a previsão é de que Sara vá no começo de fevereiro. A seleção Brasileira tem neste ano a participação no Sul-Americano, Pan-Americano e Mundial.


Quanto as competições estaduais, Klaus explica que estão se organizando junto a Federação Catarinense dialogando com a Federação sobre as possibilidades de haver um Campeonato Normal, sendo em quatro dias por etapa ou um Regional dividido em três regiões. “São tratativas”, assegura.


Fonte: Francisco Ribeiro