Eleições 2020

17 out 20 | 20h04 Por Jocimar Soares

PSDB de Concórdia deve anunciar nos próximos dias o substituto de Adair Ribeiro

Candidato teve a candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral e deve renunciar às eleições desse ano

PSDB de Concórdia deve anunciar nos próximos dias o substituto de Adair Ribeiro
Imprimir

O candidato a vereador de Concórdia, Adair Ribeiro, deverá renunciar à candidatura após ter a impugnação em primeira instância pela Justiça Eleitoral. Conforme informações apuradas pela Rádio Aliança, o PSDB, partido de Ribeiro, já estaria providenciando um substituto para completar a nominata de 20 pessoas para concorrer ao legislativo municipal.


Adair Ribeiro teve a impugnação da candidatura confirmada no último dia 10, através de decisão do juiz eleitoral Ildo Fabris Júnior. Conforme o despacho, Ribeiro estaria em desacordo com os requisitos constitucionais. Ele poderia recorrer da decisão, mas o partido vai confirmar a sua renúncia nessas eleições.


Além de Adair Ribeiro (PSDB), por enquanto, tiveram a candidatura impugnada em primeira instância os candidatos a vereador de Concórdia Artêmio Kuczkowski (MDB), Gilberto Boscato (PP), professor Adão Ayres (Patriota) e professor Ary Barreiros (PT), sendo que esses dois últimos recorreram.

17 out 20 | 20h04 Por Jocimar Soares

PSDB de Concórdia deve anunciar nos próximos dias o substituto de Adair Ribeiro

Candidato teve a candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral e deve renunciar às eleições desse ano

PSDB de Concórdia deve anunciar nos próximos dias o substituto de Adair Ribeiro

O candidato a vereador de Concórdia, Adair Ribeiro, deverá renunciar à candidatura após ter a impugnação em primeira instância pela Justiça Eleitoral. Conforme informações apuradas pela Rádio Aliança, o PSDB, partido de Ribeiro, já estaria providenciando um substituto para completar a nominata de 20 pessoas para concorrer ao legislativo municipal.


Adair Ribeiro teve a impugnação da candidatura confirmada no último dia 10, através de decisão do juiz eleitoral Ildo Fabris Júnior. Conforme o despacho, Ribeiro estaria em desacordo com os requisitos constitucionais. Ele poderia recorrer da decisão, mas o partido vai confirmar a sua renúncia nessas eleições.


Além de Adair Ribeiro (PSDB), por enquanto, tiveram a candidatura impugnada em primeira instância os candidatos a vereador de Concórdia Artêmio Kuczkowski (MDB), Gilberto Boscato (PP), professor Adão Ayres (Patriota) e professor Ary Barreiros (PT), sendo que esses dois últimos recorreram.