Eleições 2020

16 nov 20 | 15h04 Por Jocimar Soares

Com 50 votos, Tchê Mendes fica fora da Câmara de Vereadores de Catanduvas

Eleições foram realizadas neste domingo, dia 15

Com 50 votos, Tchê Mendes fica fora da Câmara de Vereadores de Catanduvas
Imprimir

O ex-comunicador da Rádio Aliança, Mauro Mendes, conhecido como Tchê Mendes, não conseguiu se eleger para a Câmara de Vereadores de Catanduvas nas eleições de 2020. Ele, que também foi vereador em Concórdia na legislatura 2012 a 2016, fez 50 votos na corrida por uma das cadeiras da Câmara de Vereadores deste município, que tem pouco mais de sete mil eleitores. Ele disputou uma das vagas pelo PSD.


Mendes foi comunicador da Rádio Aliança por vários anos. Ele também atua no rádio em outras cidades da região. Hoje reside em Catanduvas.


Mesmo morando em outra cidade e não ocupando cargo eletivo, recentemente ele se envolveu numa polêmica que reverberou na Câmara de Vereadores de Concórdia, quando em uma conversa vazada via aplicativo ele teria proferido ofensas à cidade de Concórdia e a população. Tal fato fez com que o vereador Artêmio Ortigara (PL) protocolasse junto à mesa diretora o pedido para considerar o hoje ex-vereador persona non grata, em Concórdia.


Mauro Mendes foi vereador na legislatura 2012 a 2016, sendo um dos mais votados com 1.927 votos. Na busca pela reeleição, em 2016, ele fez 331 votos. Em 2018, ele concorreu a deputado estadual pelo PSB, obtendo 2.582 votos.

16 nov 20 | 15h04 Por Jocimar Soares

Com 50 votos, Tchê Mendes fica fora da Câmara de Vereadores de Catanduvas

Eleições foram realizadas neste domingo, dia 15

Com 50 votos, Tchê Mendes fica fora da Câmara de Vereadores de Catanduvas

O ex-comunicador da Rádio Aliança, Mauro Mendes, conhecido como Tchê Mendes, não conseguiu se eleger para a Câmara de Vereadores de Catanduvas nas eleições de 2020. Ele, que também foi vereador em Concórdia na legislatura 2012 a 2016, fez 50 votos na corrida por uma das cadeiras da Câmara de Vereadores deste município, que tem pouco mais de sete mil eleitores. Ele disputou uma das vagas pelo PSD.


Mendes foi comunicador da Rádio Aliança por vários anos. Ele também atua no rádio em outras cidades da região. Hoje reside em Catanduvas.


Mesmo morando em outra cidade e não ocupando cargo eletivo, recentemente ele se envolveu numa polêmica que reverberou na Câmara de Vereadores de Concórdia, quando em uma conversa vazada via aplicativo ele teria proferido ofensas à cidade de Concórdia e a população. Tal fato fez com que o vereador Artêmio Ortigara (PL) protocolasse junto à mesa diretora o pedido para considerar o hoje ex-vereador persona non grata, em Concórdia.


Mauro Mendes foi vereador na legislatura 2012 a 2016, sendo um dos mais votados com 1.927 votos. Na busca pela reeleição, em 2016, ele fez 331 votos. Em 2018, ele concorreu a deputado estadual pelo PSB, obtendo 2.582 votos.