Eleições 2020

13 out 20 | 15h55 Por Jocimar Soares

Cinco candidatos a vereador tiveram candidatura impugnada em Concórdia

Em todos os casos cabe recurso no Tribunal Regional Eleitoral

Cinco candidatos a vereador tiveram candidatura impugnada em Concórdia
Imprimir

Até o momento, a Justiça Eleitoral impugnou a candidatura de cinco postulantes a vereador em Concórdia. A decisão, que ainda cabe recurso no Tribunal Regional Eleitoral, foi publicada em sua maioria no último dia 10. Uma delas é do dia 8. As sentenças são do Juiz Eleitoral Ildo Fabris Júnior.


Tiveram a candidatura impugnada os candidatos a vereador: Adair Ribeiro (PSDB), Artêmio Kuczkowski (MDB), Gilberto Boscato (PP), professor Adão Ayres (Patriota) e professor Ary Barreiros (PT), sendo este último indeferido com recurso. Na visão da Justiça Eleitoral, essas candidaturas estariam em desacordo com os requisitos constitucionais. Todos eles podem recorrer da decisão em segunda instância.


Os demais candidatos a vereador em Concórdia ainda aguardam resultado do julgamento.


Apenas uma candidatura, até o momento, está deferida pela Justiça Eleitoral. Trata-se do candidato a vereador, Agostinho Schiochet, do PL.


O prazo para a Justiça Eleitoral julgar todos os registros de candidatura vai até o próximo dia 27.


13 out 20 | 15h55 Por Jocimar Soares

Cinco candidatos a vereador tiveram candidatura impugnada em Concórdia

Em todos os casos cabe recurso no Tribunal Regional Eleitoral

Cinco candidatos a vereador tiveram candidatura impugnada em Concórdia

Até o momento, a Justiça Eleitoral impugnou a candidatura de cinco postulantes a vereador em Concórdia. A decisão, que ainda cabe recurso no Tribunal Regional Eleitoral, foi publicada em sua maioria no último dia 10. Uma delas é do dia 8. As sentenças são do Juiz Eleitoral Ildo Fabris Júnior.


Tiveram a candidatura impugnada os candidatos a vereador: Adair Ribeiro (PSDB), Artêmio Kuczkowski (MDB), Gilberto Boscato (PP), professor Adão Ayres (Patriota) e professor Ary Barreiros (PT), sendo este último indeferido com recurso. Na visão da Justiça Eleitoral, essas candidaturas estariam em desacordo com os requisitos constitucionais. Todos eles podem recorrer da decisão em segunda instância.


Os demais candidatos a vereador em Concórdia ainda aguardam resultado do julgamento.


Apenas uma candidatura, até o momento, está deferida pela Justiça Eleitoral. Trata-se do candidato a vereador, Agostinho Schiochet, do PL.


O prazo para a Justiça Eleitoral julgar todos os registros de candidatura vai até o próximo dia 27.