Coronavírus

26 mar 20 | 6h00 Por Jocimar Soares

Projeto da Bancada do MDB aprovado na Alesc, isenta ICMS para itens contra o coronavírus

Medida abrange remédios, produtos e equipamentos.

Projeto da Bancada do MDB aprovado na Alesc, isenta ICMS para itens contra o coronavírus
Imprimir

A Assembleia Legislativa acabou de aprovar projeto coletivo da bancada do MDB que isenta o ICMS, inclusive para a importação, de medicamentos, produtos e equipamentos médicos e hospitalares que estejam relacionados ao combate do coronavírus, até o próximo mês de setembro. A iniciativa fez parte da sessão virtual do parlamento realizado na tarde desta quarta-feira (25).


A isenção está na mesma linha do que já foi adotado no plano federal pelo Comitê Executivo de Gestão – Gecex no que se refere ao imposto de importação. A ideia de reduzir custos de tudo o que se relaciona ao combate da pandemia surgiu porque muitos hospitais estão precisando comprar produtos e equipamentos, e há empresas dispostas a ajudar. Quanto menos impostos, neste caso, maior a possibilidade de ajudar a área da saúde.


O deputado Moacir Sopelsa destaca que é preciso somar forças para prevenir e garantir a saúde da população. “Estamos trabalhando para fazer a nossa parte e não há dúvidas de que juntos somos mais fortes”, pontua.


(Fonte: Douglas Fortes/Especial)

26 mar 20 | 6h00 Por Jocimar Soares

Projeto da Bancada do MDB aprovado na Alesc, isenta ICMS para itens contra o coronavírus

Medida abrange remédios, produtos e equipamentos.

Projeto da Bancada do MDB aprovado na Alesc, isenta ICMS para itens contra o coronavírus

A Assembleia Legislativa acabou de aprovar projeto coletivo da bancada do MDB que isenta o ICMS, inclusive para a importação, de medicamentos, produtos e equipamentos médicos e hospitalares que estejam relacionados ao combate do coronavírus, até o próximo mês de setembro. A iniciativa fez parte da sessão virtual do parlamento realizado na tarde desta quarta-feira (25).


A isenção está na mesma linha do que já foi adotado no plano federal pelo Comitê Executivo de Gestão – Gecex no que se refere ao imposto de importação. A ideia de reduzir custos de tudo o que se relaciona ao combate da pandemia surgiu porque muitos hospitais estão precisando comprar produtos e equipamentos, e há empresas dispostas a ajudar. Quanto menos impostos, neste caso, maior a possibilidade de ajudar a área da saúde.


O deputado Moacir Sopelsa destaca que é preciso somar forças para prevenir e garantir a saúde da população. “Estamos trabalhando para fazer a nossa parte e não há dúvidas de que juntos somos mais fortes”, pontua.


(Fonte: Douglas Fortes/Especial)