Coronavírus

31 jul 20 | 16h16 Por Cristiano Mortari

Prefeitos da Amauc seguem com autonomia para definir medidas e restrições nos municípios

Novos decretos devem ser emitidos com vigência até dia 07 de setembro

Prefeitos da Amauc seguem com autonomia para definir medidas e restrições nos municípios
Imprimir

Conforme informado pela Rádio Aliança na quinta-feira, dia 30, depois que a Região do Alto Uruguai foi classificada como local de potencial gravíssimo para o contágio da Covid-19, os prefeitos da Amauc se reuniram, de forma online, duas vezes para analisar novas medidas de prevenção. Os gestores debateram o assunto na terça-feira, dia 28 e na quinta, dia 30. Nesta sexta-feira, dia 31, a Amauc publicou nota explicando que compete a cada município elaborar os seus decretos de acordo com a sua realidade. Os prefeitos podem adequar as medidas e incluir outras que julgarem necessário.


O presidente da Amauc, prefeito de Ipira, Emerson Reichert, destacou em entrevista à Aliança, que o objetivo é não adotar medidas mais restritivas, como as do início da pandemia. Ele argumentou que os municípios já haviam adotado medidas restritivas para potencial gravíssimo da Covid-19, antes mesmo da região receber esta classificação.


A região do Alto Uruguai Catarinense entrou no alerta vermelho devido à transferência de pacientes de outras regiões ao Hospital São Francisco de Concórdia, pelo esgotamento da capacidade instalada de leitos UTI COVID-19 em outros municípios. 


Veja quais as são as restrições já impostas e as que podem ser adotadas pelos prefeitos: CLIQUE:


31 jul 20 | 16h16 Por Cristiano Mortari

Prefeitos da Amauc seguem com autonomia para definir medidas e restrições nos municípios

Novos decretos devem ser emitidos com vigência até dia 07 de setembro

Prefeitos da Amauc seguem com autonomia para definir medidas e restrições nos municípios

Conforme informado pela Rádio Aliança na quinta-feira, dia 30, depois que a Região do Alto Uruguai foi classificada como local de potencial gravíssimo para o contágio da Covid-19, os prefeitos da Amauc se reuniram, de forma online, duas vezes para analisar novas medidas de prevenção. Os gestores debateram o assunto na terça-feira, dia 28 e na quinta, dia 30. Nesta sexta-feira, dia 31, a Amauc publicou nota explicando que compete a cada município elaborar os seus decretos de acordo com a sua realidade. Os prefeitos podem adequar as medidas e incluir outras que julgarem necessário.


O presidente da Amauc, prefeito de Ipira, Emerson Reichert, destacou em entrevista à Aliança, que o objetivo é não adotar medidas mais restritivas, como as do início da pandemia. Ele argumentou que os municípios já haviam adotado medidas restritivas para potencial gravíssimo da Covid-19, antes mesmo da região receber esta classificação.


A região do Alto Uruguai Catarinense entrou no alerta vermelho devido à transferência de pacientes de outras regiões ao Hospital São Francisco de Concórdia, pelo esgotamento da capacidade instalada de leitos UTI COVID-19 em outros municípios. 


Veja quais as são as restrições já impostas e as que podem ser adotadas pelos prefeitos: CLIQUE: