Coronavírus

22 mar 20 | 10h10 Por Jocimar Soares

PM notifica mais quatro empresas por estarem de portas abertas

Ao todo, foram 69 notificações de estabelecimentos, considerados não essenciais, que estavam trabalhando em toda a região.

PM notifica mais quatro empresas por estarem de portas abertas
Imprimir

A Polícia Militar notificou mais quatro estabelecimentos comerciais por estarem abertos em descumprimento ao Decreto Estadual, que proíbe a abertura de lojas consideradas não essenciais ao atendimento público, em função do avanço do coronavírus. O número faz parte do trabalho de fiscalização pelas guarnições da PM em toda a região, referentes à sexta-feira (20) e sábado (21). 


A notificação acontece quando há uma primeira abordagem pela PM, em caráter orientativo, para que feche as portas. Se a orientação não é acatada, em uma segunda abordagem, acontece a notificação onde o empresário ou responsável pela empresa irá responder judicialmente pelo descumprimento do decreto. Sobre o montante de orientações nos dois dias, foram 69.


Somente em Concórdia, foram quatro orientações e duas notificações.


O Decreto Estadual 515/2020 entrou em vigor na última terça-feira, dia 17, e estabelece o fechamento de empresas consideradas não essenciais para evitar a aglomeração de pessoas e tentar dificultar o avanço do coronavírus. Outras, consideradas essenciais, como postos de combustíveis, hospitais, farmácias, supermercados, transportadoras órgãos de imprensa, clínicas veterinárias, lojas agropecuárias e distribuidoras de água, energia, gás e telecomunicações, podem continuar trabalhando.

22 mar 20 | 10h10 Por Jocimar Soares

PM notifica mais quatro empresas por estarem de portas abertas

Ao todo, foram 69 notificações de estabelecimentos, considerados não essenciais, que estavam trabalhando em toda a região.

PM notifica mais quatro empresas por estarem de portas abertas

A Polícia Militar notificou mais quatro estabelecimentos comerciais por estarem abertos em descumprimento ao Decreto Estadual, que proíbe a abertura de lojas consideradas não essenciais ao atendimento público, em função do avanço do coronavírus. O número faz parte do trabalho de fiscalização pelas guarnições da PM em toda a região, referentes à sexta-feira (20) e sábado (21). 


A notificação acontece quando há uma primeira abordagem pela PM, em caráter orientativo, para que feche as portas. Se a orientação não é acatada, em uma segunda abordagem, acontece a notificação onde o empresário ou responsável pela empresa irá responder judicialmente pelo descumprimento do decreto. Sobre o montante de orientações nos dois dias, foram 69.


Somente em Concórdia, foram quatro orientações e duas notificações.


O Decreto Estadual 515/2020 entrou em vigor na última terça-feira, dia 17, e estabelece o fechamento de empresas consideradas não essenciais para evitar a aglomeração de pessoas e tentar dificultar o avanço do coronavírus. Outras, consideradas essenciais, como postos de combustíveis, hospitais, farmácias, supermercados, transportadoras órgãos de imprensa, clínicas veterinárias, lojas agropecuárias e distribuidoras de água, energia, gás e telecomunicações, podem continuar trabalhando.