Coronavírus

05 ago 20 | 15h52 Por Jocimar Soares

Microrregião baixa status de risco "gravíssimo" para "grave" de transmissão de covid

Novo mapa de risco foi publicado na terça-feira, dia 4, pela Secretaria de Estado da Saúde.

Microrregião baixa status de risco "gravíssimo" para "grave" de transmissão de covid
Imprimir

A microrregião do Alto Uruguai de Santa Catarina baixou de gravíssimo para grave o seu status de risco de contaminação de covid-19. A informação foi publicada na terça-feira, dia 4, através do novo mapa divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina. Com isso, a região volta ao patamar que ocupava até a última semana, antes de evoluir para a mais alta escala de contaminação.


Com essa reclassificação regional, algumas restrições poderão passar a ser mais brandas no estado. Nesse momento, o transporte de passageiros está suspenso em Concórdia até o próximo dia 9, e poderá voltar no dia 10.


Conforme já informado pela Rádio Aliança, a região entrou nessa condição de Risco Gravíssimo por causa da ocupação de leitos no Hospital São Francisco, que chegou a esgotar a capacidade da UTI. Boa parte era de pacientes de outras regiões do estado.

05 ago 20 | 15h52 Por Jocimar Soares

Microrregião baixa status de risco "gravíssimo" para "grave" de transmissão de covid

Novo mapa de risco foi publicado na terça-feira, dia 4, pela Secretaria de Estado da Saúde.

Microrregião baixa status de risco "gravíssimo" para "grave" de transmissão de covid

A microrregião do Alto Uruguai de Santa Catarina baixou de gravíssimo para grave o seu status de risco de contaminação de covid-19. A informação foi publicada na terça-feira, dia 4, através do novo mapa divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina. Com isso, a região volta ao patamar que ocupava até a última semana, antes de evoluir para a mais alta escala de contaminação.


Com essa reclassificação regional, algumas restrições poderão passar a ser mais brandas no estado. Nesse momento, o transporte de passageiros está suspenso em Concórdia até o próximo dia 9, e poderá voltar no dia 10.


Conforme já informado pela Rádio Aliança, a região entrou nessa condição de Risco Gravíssimo por causa da ocupação de leitos no Hospital São Francisco, que chegou a esgotar a capacidade da UTI. Boa parte era de pacientes de outras regiões do estado.