Coronavírus

19 mai 20 | 7h15 Por Analu Slongo

Mais um idoso morre por Covid-19 em Concórdia

Homem de 83 estava internado no Hospital São Francisco

Mais um idoso morre por Covid-19 em Concórdia
Imprimir

A Vigilância Epidemiológica de Concórdia confirmou a sexta morte por Covid-19. Um idoso de 83 anos morreu na noite de segunda-feira, 18 de maio. Ele havia testado positivo para coronavírus e estava internado no Hospital São Francisco. A causa do óbito foi pneumonia.


O idoso era morador do bairro das Nações e estava internado desde o dia 8 de maio. Ele tinha comorbidades causadas por um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e estava na clínica especial para a Covid-19.


Outras mortes

 

O primeiro óbito foi um homem de 46 anos no dia 28 de abril que tinha várias doenças. No dia quatro de maio morreu um homem de 52 anos, com obesidade e hipertensão, e no dia 8 de maio um idoso de 71 anos, com histórico de diabetes e hipertensão. Na semana passada foram duas mortes, uma mulher de 55 anos que faleceu na quinta-feira, 14, e os familiares dela afirmam que ela não tinha diagnóstico de comorbidades. Um idoso de 76 anos morreu no último sábado e outro de 83 na noite de ontem. 

19 mai 20 | 7h15 Por Analu Slongo

Mais um idoso morre por Covid-19 em Concórdia

Homem de 83 estava internado no Hospital São Francisco

Mais um idoso morre por Covid-19 em Concórdia

A Vigilância Epidemiológica de Concórdia confirmou a sexta morte por Covid-19. Um idoso de 83 anos morreu na noite de segunda-feira, 18 de maio. Ele havia testado positivo para coronavírus e estava internado no Hospital São Francisco. A causa do óbito foi pneumonia.


O idoso era morador do bairro das Nações e estava internado desde o dia 8 de maio. Ele tinha comorbidades causadas por um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e estava na clínica especial para a Covid-19.


Outras mortes

 

O primeiro óbito foi um homem de 46 anos no dia 28 de abril que tinha várias doenças. No dia quatro de maio morreu um homem de 52 anos, com obesidade e hipertensão, e no dia 8 de maio um idoso de 71 anos, com histórico de diabetes e hipertensão. Na semana passada foram duas mortes, uma mulher de 55 anos que faleceu na quinta-feira, 14, e os familiares dela afirmam que ela não tinha diagnóstico de comorbidades. Um idoso de 76 anos morreu no último sábado e outro de 83 na noite de ontem.