Coronavírus

20 fev 21 | 8h00 Por Cristiano Mortari

Desrespeito às medidas de prevenção ao Coronavírus pode gerar multa de mais de R$ 12 mil em Itá

Um novo decreto foi publicado na sexta-feira com novas medidas de enfrentamento

Desrespeito às medidas de prevenção ao Coronavírus pode gerar multa de mais de R$ 12 mil em Itá
Imprimir

A Administração de Itá está sendo mais rigorosa para fazer com que as pessoas cumpram as medidas de prevenção ao Coronavírus. Com o aumento dos casos nos últimos dias e a falta de leitos em hospitais, o prefeito em exercício de Itá, Moacir Sartoretto, assinou um novo decreto na sexta-feira, dia 19, com novas regras de enfrentamento ao vírus. O descumprimento pode gerar multas que vão de R$ 365,00 a R$ 12.180,00.


O documento suspende as atividades esportivas recreativas ou amadoras, como a prática de jogos de sinuca, dominó, bocha, bolão e jogos de baralho. Também proíbe atividades de bares e atividades religiosas. Não podem funcionar campings, sedes sociais, clubes, parques aquáticos, centros de convivência e sedes de empresas.

O decreto também prevê que lanchonetes, padarias, cafeterias, sorveterias e lojas de conveniência podem atender o público até às 22h, depois deste horário, somente com tele entrega. Os restaurantes poderão funcionar das 10h às 14h para o almoço e das 18h às 22h para o jantar. A venda de bebidas poderá ocorrer somente durante as refeições.


As academias poderão funcionar com apenas 30% da capacidade máxima e respeitando as exigências do uso de álcool em gel e máscara. Já os estabelecimentos com prática de atividades físicas com contato precisam suspender os trabalhos (boxe, danças, artes marciais).


Eventos também não podem ser realizados em propriedades públicas e nem em particulares, sejam na cidade ou no interior e os pontos turísticos e locais públicos ficarão fechados.


Este decreto tem validade até o dia 1º de março e as forças de segurança estão fiscalizando as atividades irregulares para aplicação das penalidades, que variam de acordo com a infração cometida. 

20 fev 21 | 8h00 Por Cristiano Mortari

Desrespeito às medidas de prevenção ao Coronavírus pode gerar multa de mais de R$ 12 mil em Itá

Um novo decreto foi publicado na sexta-feira com novas medidas de enfrentamento

Desrespeito às medidas de prevenção ao Coronavírus pode gerar multa de mais de R$ 12 mil em Itá

A Administração de Itá está sendo mais rigorosa para fazer com que as pessoas cumpram as medidas de prevenção ao Coronavírus. Com o aumento dos casos nos últimos dias e a falta de leitos em hospitais, o prefeito em exercício de Itá, Moacir Sartoretto, assinou um novo decreto na sexta-feira, dia 19, com novas regras de enfrentamento ao vírus. O descumprimento pode gerar multas que vão de R$ 365,00 a R$ 12.180,00.


O documento suspende as atividades esportivas recreativas ou amadoras, como a prática de jogos de sinuca, dominó, bocha, bolão e jogos de baralho. Também proíbe atividades de bares e atividades religiosas. Não podem funcionar campings, sedes sociais, clubes, parques aquáticos, centros de convivência e sedes de empresas.

O decreto também prevê que lanchonetes, padarias, cafeterias, sorveterias e lojas de conveniência podem atender o público até às 22h, depois deste horário, somente com tele entrega. Os restaurantes poderão funcionar das 10h às 14h para o almoço e das 18h às 22h para o jantar. A venda de bebidas poderá ocorrer somente durante as refeições.


As academias poderão funcionar com apenas 30% da capacidade máxima e respeitando as exigências do uso de álcool em gel e máscara. Já os estabelecimentos com prática de atividades físicas com contato precisam suspender os trabalhos (boxe, danças, artes marciais).


Eventos também não podem ser realizados em propriedades públicas e nem em particulares, sejam na cidade ou no interior e os pontos turísticos e locais públicos ficarão fechados.


Este decreto tem validade até o dia 1º de março e as forças de segurança estão fiscalizando as atividades irregulares para aplicação das penalidades, que variam de acordo com a infração cometida.