Concórdia

05 jan 21 | 16h33 Por Jocimar Soares

Volta às aulas na Rede Estadual de Ensino será no dia 18 de fevereiro

Calendário foi divulgado nesta terça-feira, dia 5, pela Secretaria de Estado da Educação

Volta às aulas na Rede Estadual de Ensino será no dia 18 de fevereiro
Imprimir

Os estudantes da rede estadual de ensino começarão as atividades do ano letivo de 2021 em 18 de fevereiro, enquanto o encerramento está previsto para 17 de dezembro. Essas informações estão no calendário letivo enviado pela Secretaria de Estado da Educação (SED) para orientação das coordenadorias regionais e escolas.


No caso dos professores, o retorno às atividades em 2021 inicia com a semana pedagógica, no período de 03 a 12 de fevereiro, com o objetivo de assegurar o planejamento docente coletivo da continuidade curricular entre 2020 e 2021.


O planejamento da rede estadual é iniciar o ano letivo com aulas presenciais e alternância dos grupos que frequentam a escola para contemplar todos os estudantes da rede estadual e manter o distanciamento social, evitando o contágio de Covid-19. Dessa forma, a organização das atividades escolares será dividida em dois momentos: o “Tempo Escola” e o “Tempo Casa”.


O “Tempo Escola” consiste no atendimento presencial na unidade escolar, com turmas subdivididas em grupos. Já as atividades pedagógicas que compõem o “Tempo Casa” podem ser realizadas com ou sem a mediação por tecnologias digitais, com orientação para que as escolas criem dinâmicas para que estudantes sem acesso possam, sempre que possível, integrar-se às atividades em espaços disponibilizados na escola.


A diretora de Ensino da SED, Maria Tereza Paulo Hermes Cobra, salienta que a elaboração do calendário é uma ação fundamental da comunidade escolar realizada em parceria com as 36 Coordenadorias Regionais de Educação.


“Reiteramos nosso apoio, para que em rede e em regime de colaboração com a UNDIME, a FECAM e as Associações de Municípios avancemos na implementação do Calendário Escolar que preserve o acesso, a permanência, a aprendizagem e a conclusão exitosa do próximo ano”.


Alguns municípios catarinenses terão o início do ano letivo em datas diferentes ao da rede estadual em função do momento atípico provocado pela pandemia da COVID-19.


(Fonte: Secretaria de Estado da Educação)

05 jan 21 | 16h33 Por Jocimar Soares

Volta às aulas na Rede Estadual de Ensino será no dia 18 de fevereiro

Calendário foi divulgado nesta terça-feira, dia 5, pela Secretaria de Estado da Educação

Volta às aulas na Rede Estadual de Ensino será no dia 18 de fevereiro

Os estudantes da rede estadual de ensino começarão as atividades do ano letivo de 2021 em 18 de fevereiro, enquanto o encerramento está previsto para 17 de dezembro. Essas informações estão no calendário letivo enviado pela Secretaria de Estado da Educação (SED) para orientação das coordenadorias regionais e escolas.


No caso dos professores, o retorno às atividades em 2021 inicia com a semana pedagógica, no período de 03 a 12 de fevereiro, com o objetivo de assegurar o planejamento docente coletivo da continuidade curricular entre 2020 e 2021.


O planejamento da rede estadual é iniciar o ano letivo com aulas presenciais e alternância dos grupos que frequentam a escola para contemplar todos os estudantes da rede estadual e manter o distanciamento social, evitando o contágio de Covid-19. Dessa forma, a organização das atividades escolares será dividida em dois momentos: o “Tempo Escola” e o “Tempo Casa”.


O “Tempo Escola” consiste no atendimento presencial na unidade escolar, com turmas subdivididas em grupos. Já as atividades pedagógicas que compõem o “Tempo Casa” podem ser realizadas com ou sem a mediação por tecnologias digitais, com orientação para que as escolas criem dinâmicas para que estudantes sem acesso possam, sempre que possível, integrar-se às atividades em espaços disponibilizados na escola.


A diretora de Ensino da SED, Maria Tereza Paulo Hermes Cobra, salienta que a elaboração do calendário é uma ação fundamental da comunidade escolar realizada em parceria com as 36 Coordenadorias Regionais de Educação.


“Reiteramos nosso apoio, para que em rede e em regime de colaboração com a UNDIME, a FECAM e as Associações de Municípios avancemos na implementação do Calendário Escolar que preserve o acesso, a permanência, a aprendizagem e a conclusão exitosa do próximo ano”.


Alguns municípios catarinenses terão o início do ano letivo em datas diferentes ao da rede estadual em função do momento atípico provocado pela pandemia da COVID-19.


(Fonte: Secretaria de Estado da Educação)