Concórdia

12 set 19 | 6h55 Por Cristiano Mortari

Transporte de água com carretas para a BRF deve iniciar nesta quinta-feira

Departamento de Trânsito de Concórdia pede atenção aos motoristas

Transporte de água com carretas para a BRF deve iniciar nesta quinta-feira
Imprimir

A empresa BRF de Concórdia deve iniciar nesta quinta-feira, dia 12, o transporte de água com carretas para abastecimento da fábrica. Serão 36 caminhões, com capacidade de 27 mil litros cada, transportando 216 cargas por dia. A empresa fez o comunicado ao Departamento de Trânsito de Concórdia.


Em entrevista à Rádio Aliança o diretor de Trânsito, Rudimar Vitto, explicou que o movimento de caminhões será intenso. "A água seria levada até um reservatório que a BRF tem na região do Parque de Exposições, mas em função da Expo isso não será possível agora. Então, nestes primeiros dias, as carretas vão transportar a água para o reservatório da fábrica, no centro", adiantou.


Vitto também pediu paciência e atenção de todos os condutores. “Serão 36 caminhões a mais transitando nas vias aqui da cidade então a gente sabe que será um trânsito pesado. Solicitamos que todos dirijam com cuidado e redobrem a atenção”, orientou. “Estamos trabalhando juntos com a empresa e estaremos acompanhando toda essa logística. Se notarmos problemas e a necessidade de mudança no trajeto, iremos fazer”, destacou.


O trajeto:

As carretas serão carregadas com água em Rancho Grande e vão seguir pela BR-153 e acessar o Contorno Norte. Elas acessam o bairro Santa Cruz e descem pela rua Senador Attilio Fontana até o acesso de caminhões da BRF. Depois de descarregar, as carretas vão seguir pelo centro para voltar a Rancho Grande. Elas vão passar pela rótula da BRF, acessar a rua Marechal Deodoro e na sinaleira em frente ao Hospital, ingressam na rua Getúlio Vargas, sentido BR-153.


Horários e duração do serviço:

De acordo com o Departamento de Trânsito os caminhões vão trabalhar direto, de manhã e à tarde e não há uma previsão exata de quando o serviço de transporte de água será encerrado, já que a previsão é de que a estiagem permaneça por cerca de 30 dias.

12 set 19 | 6h55 Por Cristiano Mortari

Transporte de água com carretas para a BRF deve iniciar nesta quinta-feira

Departamento de Trânsito de Concórdia pede atenção aos motoristas

Transporte de água com carretas para a BRF deve iniciar nesta quinta-feira

A empresa BRF de Concórdia deve iniciar nesta quinta-feira, dia 12, o transporte de água com carretas para abastecimento da fábrica. Serão 36 caminhões, com capacidade de 27 mil litros cada, transportando 216 cargas por dia. A empresa fez o comunicado ao Departamento de Trânsito de Concórdia.


Em entrevista à Rádio Aliança o diretor de Trânsito, Rudimar Vitto, explicou que o movimento de caminhões será intenso. "A água seria levada até um reservatório que a BRF tem na região do Parque de Exposições, mas em função da Expo isso não será possível agora. Então, nestes primeiros dias, as carretas vão transportar a água para o reservatório da fábrica, no centro", adiantou.


Vitto também pediu paciência e atenção de todos os condutores. “Serão 36 caminhões a mais transitando nas vias aqui da cidade então a gente sabe que será um trânsito pesado. Solicitamos que todos dirijam com cuidado e redobrem a atenção”, orientou. “Estamos trabalhando juntos com a empresa e estaremos acompanhando toda essa logística. Se notarmos problemas e a necessidade de mudança no trajeto, iremos fazer”, destacou.


O trajeto:

As carretas serão carregadas com água em Rancho Grande e vão seguir pela BR-153 e acessar o Contorno Norte. Elas acessam o bairro Santa Cruz e descem pela rua Senador Attilio Fontana até o acesso de caminhões da BRF. Depois de descarregar, as carretas vão seguir pelo centro para voltar a Rancho Grande. Elas vão passar pela rótula da BRF, acessar a rua Marechal Deodoro e na sinaleira em frente ao Hospital, ingressam na rua Getúlio Vargas, sentido BR-153.


Horários e duração do serviço:

De acordo com o Departamento de Trânsito os caminhões vão trabalhar direto, de manhã e à tarde e não há uma previsão exata de quando o serviço de transporte de água será encerrado, já que a previsão é de que a estiagem permaneça por cerca de 30 dias.