Concórdia

23 mai 24 | 10h55 Por Alisson Martins

Sistema Catarinense de Proteção e Defesa Civil atua no RS

Sistema Catarinense de Proteção e Defesa Civil atua no RS
Imprimir

Desde o início do evento adverso que afetou o RS as instituições que formam o Sistema Estadual de Proteção e Defesa Civil de SC atuam no apoio a Defesa Civil do RS, atualmente encontram-se nas áreas afetadas equipes da Secretaria de Proteção e Defesa Civil de SC, Corpo de Bombeiros Militar CELESC, CASAN, Batalhão de Operações Especiais, Batalhão de Choque, Batalhão de Aviação da PM, Policia Militar Ambiental, SAER e Agentes da Policia Civil.

SIGA A ALIANÇA FM NAS REDES SOCIAIS:


A equipe da Secretaria de Proteção e Defesa Civil de SC está situada no 3º Regimento de Cavalaria de Guarda do Exército Brasileiro e representando a Região do Alto Uruguai Catarinense o Coordenador Regional de Proteção e Defesa Civil Sargento Adilson de Oliveira integra esta equipe como Coordenador de Operações e sua função é dar suporte com recursos adicionais ou recursos especiais que as equipes necessitam para cumprir suas funções, além de elo de ligação entre as equipes e com a Defesa Civil do RS.

Sgt Adilson relatam que as instituições catarinenses estão trabalhado incansavelmente no apoio a Defesa Civil do RS para responder e reabilitar as áreas afetadas pelo desastre, cita que a CASAN realiza o trabalho que está restabelecendo o abastecimento de água em Porto Alegre, a CELESC está reconstruindo a rede em Arroio do Meio e restabelecendo a linha para energizar a torre de comunicação celular em Muçum. O BOPE faz patrulhamento e distribuição de água e cesta básica na região de Eldorado do Sul, o CHOQUE faz patrulhamento na região de Porto Alegre, o Corpo de Bombeiro Militar faz busca de desaparecidos na região de Santarém em Cruzeiro do Sul, a equipe do helicóptero Águia 07 da PM e do helicóptero do SAER da Policia Civil realizam transporte de equipes, transporte de itens de assistência humanitária, transporte de medicamentos e retirada de pacientes dos locais de difícil acesso ou sem acesso, a Policia Militar Ambiental realiza patrulhamento com uso de embarcação nas áreas inundadas além de orientação e apoio para comunidade afetada e os agentes da Policia Civil reforçam o efetivo nas delegacias além de dar apoio de segurança nos Centros de Logística e de distribuição de itens de assistência humanitária quando solicitados.

As instituições do Sistema de Proteção e Defesa Civil têm trabalhado em estreita colaboração com as autoridades locais e estaduais para garantir que os esforços de recuperação sejam efetivos.

Finalizando o Coordenador Regional expressou seu compromisso com a missão, afirmando: "Estamos aqui para ajudar. Nossa prioridade é garantir a segurança e o bem-estar de todos os afetados. Estamos fazendo tudo o que podemos para minimizar o impacto desses desastres e ajudar a comunidade a se recuperar."


ASCOM

23 mai 24 | 10h55 Por Alisson Martins

Sistema Catarinense de Proteção e Defesa Civil atua no RS

Sistema Catarinense de Proteção e Defesa Civil atua no RS

Desde o início do evento adverso que afetou o RS as instituições que formam o Sistema Estadual de Proteção e Defesa Civil de SC atuam no apoio a Defesa Civil do RS, atualmente encontram-se nas áreas afetadas equipes da Secretaria de Proteção e Defesa Civil de SC, Corpo de Bombeiros Militar CELESC, CASAN, Batalhão de Operações Especiais, Batalhão de Choque, Batalhão de Aviação da PM, Policia Militar Ambiental, SAER e Agentes da Policia Civil.

SIGA A ALIANÇA FM NAS REDES SOCIAIS:


A equipe da Secretaria de Proteção e Defesa Civil de SC está situada no 3º Regimento de Cavalaria de Guarda do Exército Brasileiro e representando a Região do Alto Uruguai Catarinense o Coordenador Regional de Proteção e Defesa Civil Sargento Adilson de Oliveira integra esta equipe como Coordenador de Operações e sua função é dar suporte com recursos adicionais ou recursos especiais que as equipes necessitam para cumprir suas funções, além de elo de ligação entre as equipes e com a Defesa Civil do RS.

Sgt Adilson relatam que as instituições catarinenses estão trabalhado incansavelmente no apoio a Defesa Civil do RS para responder e reabilitar as áreas afetadas pelo desastre, cita que a CASAN realiza o trabalho que está restabelecendo o abastecimento de água em Porto Alegre, a CELESC está reconstruindo a rede em Arroio do Meio e restabelecendo a linha para energizar a torre de comunicação celular em Muçum. O BOPE faz patrulhamento e distribuição de água e cesta básica na região de Eldorado do Sul, o CHOQUE faz patrulhamento na região de Porto Alegre, o Corpo de Bombeiro Militar faz busca de desaparecidos na região de Santarém em Cruzeiro do Sul, a equipe do helicóptero Águia 07 da PM e do helicóptero do SAER da Policia Civil realizam transporte de equipes, transporte de itens de assistência humanitária, transporte de medicamentos e retirada de pacientes dos locais de difícil acesso ou sem acesso, a Policia Militar Ambiental realiza patrulhamento com uso de embarcação nas áreas inundadas além de orientação e apoio para comunidade afetada e os agentes da Policia Civil reforçam o efetivo nas delegacias além de dar apoio de segurança nos Centros de Logística e de distribuição de itens de assistência humanitária quando solicitados.

As instituições do Sistema de Proteção e Defesa Civil têm trabalhado em estreita colaboração com as autoridades locais e estaduais para garantir que os esforços de recuperação sejam efetivos.

Finalizando o Coordenador Regional expressou seu compromisso com a missão, afirmando: "Estamos aqui para ajudar. Nossa prioridade é garantir a segurança e o bem-estar de todos os afetados. Estamos fazendo tudo o que podemos para minimizar o impacto desses desastres e ajudar a comunidade a se recuperar."


ASCOM