Concórdia

14 out 19 | 10h13 Por Jocimar Soares

Secretaria de Estado da Saúde confirma caso de sarampo em Concórdia

Suspeita foi diagnosticada em setembro e coletas foram feitas para exames laboratoriais.

Secretaria de Estado da Saúde confirma caso de sarampo em Concórdia
Imprimir

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou como positiva a suspeita de sarampo em uma mulher, em Concórdia. A confirmação se deu na manhã desta segunda-feira, dia 14, após a comprovação através de exames laboratoriais. 


De acordo com a enfermeira Mara Sampaio, da Vigilância Epidemiológica, esse caso é da suspeita constatada ainda no mês passado. "A paciente não chegou a ficar internada e somente amostras foram colocadas para serem enviadas para exames laboratoriais", explica. 


Também nesse período foi feito o "bloqueio" nos locais onde essa paciente passou. Trata-se no procedimento de vacinação das pessoas com a qual ela teve o contato. "Depois disso, não houve nenhum outro caso de sarampo", explica a enfermeira Mara Sampaio.


A Secretaria Municipal de Saúde informa que está em andamento o período de vacinação contra o Sarampo e Febre Amarela. Os trabalhos serão desenvolvidos até o fim o próximo dia 25 com o Dia D de vacinação marcado para o sábado, dia 19, onde todos os postos de saúde estarão abertos, mesmo aqueles sem sala de vacinação, para receber o público alvo da campanha.


Os principais sintomas do sarampo são:


-Febre acompanhada de tosse;

-Irritação nos olhos;

-Nariz escorrendo ou entupido;

-Mal-estar intenso.



14 out 19 | 10h13 Por Jocimar Soares

Secretaria de Estado da Saúde confirma caso de sarampo em Concórdia

Suspeita foi diagnosticada em setembro e coletas foram feitas para exames laboratoriais.

Secretaria de Estado da Saúde confirma caso de sarampo em Concórdia

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou como positiva a suspeita de sarampo em uma mulher, em Concórdia. A confirmação se deu na manhã desta segunda-feira, dia 14, após a comprovação através de exames laboratoriais. 


De acordo com a enfermeira Mara Sampaio, da Vigilância Epidemiológica, esse caso é da suspeita constatada ainda no mês passado. "A paciente não chegou a ficar internada e somente amostras foram colocadas para serem enviadas para exames laboratoriais", explica. 


Também nesse período foi feito o "bloqueio" nos locais onde essa paciente passou. Trata-se no procedimento de vacinação das pessoas com a qual ela teve o contato. "Depois disso, não houve nenhum outro caso de sarampo", explica a enfermeira Mara Sampaio.


A Secretaria Municipal de Saúde informa que está em andamento o período de vacinação contra o Sarampo e Febre Amarela. Os trabalhos serão desenvolvidos até o fim o próximo dia 25 com o Dia D de vacinação marcado para o sábado, dia 19, onde todos os postos de saúde estarão abertos, mesmo aqueles sem sala de vacinação, para receber o público alvo da campanha.


Os principais sintomas do sarampo são:


-Febre acompanhada de tosse;

-Irritação nos olhos;

-Nariz escorrendo ou entupido;

-Mal-estar intenso.