Concórdia

01 abr 24 | 8h50 Por Luan De Bortoli

Quase 50% dos casos de dengue deste ano em Concórdia estão concentrados em uma semana

Município já é considerado em cenário de epidemia e terá salto nos positivados a partir de agora.

Quase 50% dos casos de dengue deste ano em Concórdia estão concentrados em uma semana
Imprimir

A situação epidemiológica da dengue segue se agravando em Concórdia, com os casos sofrendo uma aceleração acima da média na última semana de março. Mas a tendência é que a situação no município, que já está em epidemia para a doença, piore a partir deste mês com novas classificações de casos.

De acordo com um levantamento realizado pela reportagem da Aliança FM, na semana passada, a última de março, Concórdia registrou o maior número de casos de dengue desde o início do ano. Foram contabilizados 123 casos neste período, sem levar em conta a sexta-feira, que foi feriado e não teve números divulgados.

Isto quer dizer que Concórdia teve quase 50% de todos os casos deste ano concentrados em apenas uma semana. Até a última quinta-feira, o município contabilizava 266 pessoas contaminadas pelo mosquito transmissor Aedes aegypti, isto é, 46% do total de casos somente na última semana. 

Mas a situação, que já é preocupante, deve ficar ainda mais grave. Concórdia está, desde a semana passada, em situação de epidemia, conforme informou a Vigilância Epidemiológica municipal, pois agora leva em conta também os casos prováveis de áreas onde há mais pessoas infectadas.

Portanto, os pacientes suspeitos - com sintomas - que estão nos locais de maior presença da doença entram na estatística de positivos para dengue mesmo sem o resultado dos exames analisados pelo Laboratório Central. Com isso, a tendência é que o número de novas confirmações tenha um saldo considerável a partir de agora. 

01 abr 24 | 8h50 Por Luan De Bortoli

Quase 50% dos casos de dengue deste ano em Concórdia estão concentrados em uma semana

Município já é considerado em cenário de epidemia e terá salto nos positivados a partir de agora.

Quase 50% dos casos de dengue deste ano em Concórdia estão concentrados em uma semana

A situação epidemiológica da dengue segue se agravando em Concórdia, com os casos sofrendo uma aceleração acima da média na última semana de março. Mas a tendência é que a situação no município, que já está em epidemia para a doença, piore a partir deste mês com novas classificações de casos.

De acordo com um levantamento realizado pela reportagem da Aliança FM, na semana passada, a última de março, Concórdia registrou o maior número de casos de dengue desde o início do ano. Foram contabilizados 123 casos neste período, sem levar em conta a sexta-feira, que foi feriado e não teve números divulgados.

Isto quer dizer que Concórdia teve quase 50% de todos os casos deste ano concentrados em apenas uma semana. Até a última quinta-feira, o município contabilizava 266 pessoas contaminadas pelo mosquito transmissor Aedes aegypti, isto é, 46% do total de casos somente na última semana. 

Mas a situação, que já é preocupante, deve ficar ainda mais grave. Concórdia está, desde a semana passada, em situação de epidemia, conforme informou a Vigilância Epidemiológica municipal, pois agora leva em conta também os casos prováveis de áreas onde há mais pessoas infectadas.

Portanto, os pacientes suspeitos - com sintomas - que estão nos locais de maior presença da doença entram na estatística de positivos para dengue mesmo sem o resultado dos exames analisados pelo Laboratório Central. Com isso, a tendência é que o número de novas confirmações tenha um saldo considerável a partir de agora.