Concórdia

04 jun 21 | 15h12 Por Jocimar Soares

Prefeitura constata situação de risco de deslizamento de encosta no Flamenguinho

Laudo técnico aponta problemas de infiltração em encosta e Administração inicia contato com famílias

Prefeitura constata situação de risco de deslizamento de encosta no Flamenguinho
Imprimir

Moradores do bairro Flamengo, na rua 29 Julho, com residência próxima a uma encosta, foram visitados nesta sexta-feira, 4 de junho, por representantes da Assistência Social, por conta do risco de deslizamento no local. A área já era monitorada pelo município e, na última quarta-feira, uma equipe técnica composta por geólogo e engenheiro ambiental, avaliaram a encosta e constataram que a situação se agravou nos últimos dias, com risco iminente de deslizamento.


Preocupada com a situação, a Administração Municipal, por meio da Secretaria de Assistência Social, Diretoria de Meio Ambiente e Defesa Civil, reuniram-se para avaliar o problema e dar os encaminhamentos necessários para proteger a integridade física dos moradores e ofertar condições para a desocupação da área. 


São cerca de 18 famílias vivendo em local de risco. A Assistência Social está acompanhando a situação e prestando auxílio aos moradores, por meio de programas e serviços. O aluguel social poderá ser uma alternativa para as famílias, que também estão na lista prioritária nas ações voltadas à questão habitacional do município.


(Fonte: Lana Correa Pinheiro/Secom/Prefeitura de Concórdia)

04 jun 21 | 15h12 Por Jocimar Soares

Prefeitura constata situação de risco de deslizamento de encosta no Flamenguinho

Laudo técnico aponta problemas de infiltração em encosta e Administração inicia contato com famílias

Prefeitura constata situação de risco de deslizamento de encosta no Flamenguinho

Moradores do bairro Flamengo, na rua 29 Julho, com residência próxima a uma encosta, foram visitados nesta sexta-feira, 4 de junho, por representantes da Assistência Social, por conta do risco de deslizamento no local. A área já era monitorada pelo município e, na última quarta-feira, uma equipe técnica composta por geólogo e engenheiro ambiental, avaliaram a encosta e constataram que a situação se agravou nos últimos dias, com risco iminente de deslizamento.


Preocupada com a situação, a Administração Municipal, por meio da Secretaria de Assistência Social, Diretoria de Meio Ambiente e Defesa Civil, reuniram-se para avaliar o problema e dar os encaminhamentos necessários para proteger a integridade física dos moradores e ofertar condições para a desocupação da área. 


São cerca de 18 famílias vivendo em local de risco. A Assistência Social está acompanhando a situação e prestando auxílio aos moradores, por meio de programas e serviços. O aluguel social poderá ser uma alternativa para as famílias, que também estão na lista prioritária nas ações voltadas à questão habitacional do município.


(Fonte: Lana Correa Pinheiro/Secom/Prefeitura de Concórdia)