Concórdia

15 jul 21 | 15h10 Por Jocimar Soares

OUÇA: Quase duas mil pessoas que recebem auxílio, poderiam estar no mercado de trabalho em Concórdia

Levantamento realizado entre Prefeitura e Fiesc aponta que esse contingente poderia suprir as vagas de trabalho que estão disponíveis na cidade

OUÇA: Quase duas mil pessoas que recebem auxílio, poderiam estar no mercado de trabalho em Concórdia
Escute
Imprimir

Cerca de 1.950 pessoas que recebem algum tipo de auxílio em Concórdia, poderiam estar inseridas no mercado de trabalho. A informação é da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação de Concórdia, que fez esse levantamento em parceira com a regional da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina, Fiesc. A informação foi trazida pelo titular da pasta, Wágner Simioni, em entrevista ao Jornal Primeira Hora, edição desta quinta-feira, dia 15.


Na ocasião, ele falou sobre a grande oferta de vagas de trabalho oferecidas pelas empresas de Concórdia, que estão encontrando dificuldades para encontrar mão de obra. Conforme informado pela Aliança FM, são 1.010 oportunidades que o Sine de Concórdia está oferecendo. O montante equivale a aproximadamente 15% das mais de 7,2 mil vagas que estão em aberto em todo o Estado de Santa Catarina.


Durante sua fala, Simioni destacou que existem aproximadamente 8,4 mil pessoas que se enquadram no perfil e estão recebendo algum tipo de auxílio, em Concórdia. Em entrevista, ele diz que uma parte dessas pessoas já poderia estar ocupando as vagas de trabalho que estão sendo disponibilizadas no município (OUÇA).

15 jul 21 | 15h10 Por Jocimar Soares

OUÇA: Quase duas mil pessoas que recebem auxílio, poderiam estar no mercado de trabalho em Concórdia

Levantamento realizado entre Prefeitura e Fiesc aponta que esse contingente poderia suprir as vagas de trabalho que estão disponíveis na cidade

OUÇA: Quase duas mil pessoas que recebem auxílio, poderiam estar no mercado de trabalho em Concórdia

Cerca de 1.950 pessoas que recebem algum tipo de auxílio em Concórdia, poderiam estar inseridas no mercado de trabalho. A informação é da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação de Concórdia, que fez esse levantamento em parceira com a regional da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina, Fiesc. A informação foi trazida pelo titular da pasta, Wágner Simioni, em entrevista ao Jornal Primeira Hora, edição desta quinta-feira, dia 15.


Na ocasião, ele falou sobre a grande oferta de vagas de trabalho oferecidas pelas empresas de Concórdia, que estão encontrando dificuldades para encontrar mão de obra. Conforme informado pela Aliança FM, são 1.010 oportunidades que o Sine de Concórdia está oferecendo. O montante equivale a aproximadamente 15% das mais de 7,2 mil vagas que estão em aberto em todo o Estado de Santa Catarina.


Durante sua fala, Simioni destacou que existem aproximadamente 8,4 mil pessoas que se enquadram no perfil e estão recebendo algum tipo de auxílio, em Concórdia. Em entrevista, ele diz que uma parte dessas pessoas já poderia estar ocupando as vagas de trabalho que estão sendo disponibilizadas no município (OUÇA).