Concórdia

09 jun 21 | 16h48 Por André Krüger

MP abre procedimento de informação sobre remanejamento de leitos de UTI Covid no HSF

Além do próprio hospital, pedido de informações também foi encaminhado para os governos Municipal e Estadual

MP abre procedimento de informação sobre remanejamento de leitos de UTI Covid no HSF
Imprimir

O Ministério Público de Concórdia, através da 3ª Promotoria de Justiça iniciou o procedimento de busca de informações sobre a situação envolvendo diminuição de leitos da Unidade de Terapia Intensiva, UTI, do Hospital São Francisco. Conforme informações repassadas para o Jornalismo da Aliança FM, a Promotoria está buscando informações para apurar se a instituição pode ter incorrido em uma irregularidade ao diminuir o número de leitos de UTI, que são destinados para pacientes acometidos pela doença.


Conforme já informado pela Aliança FM, o assunto ganhou destaque nos últimos dias em função de um ofício enviado pelo Consórcio CIS-Amauc pedindo a manutenção dos 20 leitos credenciados para coronavírus. O Hospital São Francisco teria solicitado a desabilitação de seis leitos para covid, em função do crescimento no número de pacientes com outras comorbidades e que demandam de atendimento intensivo. O hospital, por sua vez, não se manifesta sobre o assunto.


Procurado pelo jornalismo da Aliança FM, o Promotor Marcos de Martino, titular da 3ª Promotoria, irá se pronunciar após receber as essas informações.

09 jun 21 | 16h48 Por André Krüger

MP abre procedimento de informação sobre remanejamento de leitos de UTI Covid no HSF

Além do próprio hospital, pedido de informações também foi encaminhado para os governos Municipal e Estadual

MP abre procedimento de informação sobre remanejamento de leitos de UTI Covid no HSF

O Ministério Público de Concórdia, através da 3ª Promotoria de Justiça iniciou o procedimento de busca de informações sobre a situação envolvendo diminuição de leitos da Unidade de Terapia Intensiva, UTI, do Hospital São Francisco. Conforme informações repassadas para o Jornalismo da Aliança FM, a Promotoria está buscando informações para apurar se a instituição pode ter incorrido em uma irregularidade ao diminuir o número de leitos de UTI, que são destinados para pacientes acometidos pela doença.


Conforme já informado pela Aliança FM, o assunto ganhou destaque nos últimos dias em função de um ofício enviado pelo Consórcio CIS-Amauc pedindo a manutenção dos 20 leitos credenciados para coronavírus. O Hospital São Francisco teria solicitado a desabilitação de seis leitos para covid, em função do crescimento no número de pacientes com outras comorbidades e que demandam de atendimento intensivo. O hospital, por sua vez, não se manifesta sobre o assunto.


Procurado pelo jornalismo da Aliança FM, o Promotor Marcos de Martino, titular da 3ª Promotoria, irá se pronunciar após receber as essas informações.