Concórdia

28 jul 20 | 7h58 Por Cristiano Mortari

Morre aos 91 anos, ex-presidente da Câmara de Concórdia, Euclydes Antonio Marcon

O corpo está sendo velado na Câmara e o enterro acontece às 15h

Morre aos 91 anos, ex-presidente da Câmara de Concórdia, Euclydes Antonio Marcon
Imprimir

O ex-presidente do Legislativo de Concórdia, Euclydes Antonio Marcon, faleceu na segunda-feira, dia 27, aos 91 anos. Ele teve uma parada cardíaca. Marcon foi vereador do município em três legislaturas, ocupando uma cadeira no Legislativo de 1955 a 1967. Também ocupou o cargo de presidente da Câmara e recebeu uma Comenda por Serviços prestados à Comunidade.


Marcon, que teve um dos primeiros escritórios de contabilidade em Concórdia, também chegou a ser candidato a prefeito no município e ficou conhecido como um homem influente na política local. Em 1950, casou com Iracema Cella e teve seis filhos: Maria Luiza, José Augusto, Maria Elizabete, Márcia Isabel, Vera Lúcia e Cláudia Regina.


Marcon foi eleito vereador pela primeira vez na terceira legislatura da Câmara, ficando no cargo entre 01/02/55 a 01/02/59. Na quarta e quinta legislaturas, foi reeleito. Assumiu a vice-presidência da Câmara em 1961 e se tornou presidente em 1962.  Na eleição seguinte, em 64, foi escolhido mais uma vez para comandar a Mesa Diretora. Em 1966, foi eleito segundo secretário da Mesa e permaneceu vereador até 1967.


O corpo está sendo velado na Câmara de Vereadores de Concórdia. O velório será aberto ao público das 10h às 14h e o enterro acontece às 15h desta terça-feira, dia 28, no Cemitério Parque Concórdia.


28 jul 20 | 7h58 Por Cristiano Mortari

Morre aos 91 anos, ex-presidente da Câmara de Concórdia, Euclydes Antonio Marcon

O corpo está sendo velado na Câmara e o enterro acontece às 15h

Morre aos 91 anos, ex-presidente da Câmara de Concórdia, Euclydes Antonio Marcon

O ex-presidente do Legislativo de Concórdia, Euclydes Antonio Marcon, faleceu na segunda-feira, dia 27, aos 91 anos. Ele teve uma parada cardíaca. Marcon foi vereador do município em três legislaturas, ocupando uma cadeira no Legislativo de 1955 a 1967. Também ocupou o cargo de presidente da Câmara e recebeu uma Comenda por Serviços prestados à Comunidade.


Marcon, que teve um dos primeiros escritórios de contabilidade em Concórdia, também chegou a ser candidato a prefeito no município e ficou conhecido como um homem influente na política local. Em 1950, casou com Iracema Cella e teve seis filhos: Maria Luiza, José Augusto, Maria Elizabete, Márcia Isabel, Vera Lúcia e Cláudia Regina.


Marcon foi eleito vereador pela primeira vez na terceira legislatura da Câmara, ficando no cargo entre 01/02/55 a 01/02/59. Na quarta e quinta legislaturas, foi reeleito. Assumiu a vice-presidência da Câmara em 1961 e se tornou presidente em 1962.  Na eleição seguinte, em 64, foi escolhido mais uma vez para comandar a Mesa Diretora. Em 1966, foi eleito segundo secretário da Mesa e permaneceu vereador até 1967.


O corpo está sendo velado na Câmara de Vereadores de Concórdia. O velório será aberto ao público das 10h às 14h e o enterro acontece às 15h desta terça-feira, dia 28, no Cemitério Parque Concórdia.