Concórdia

14 jan 20 | 14h28 Por Analu Slongo

Moradores atingidos pelo deslizamento voltam a pedir atenção do poder público - OUÇA

Vereadora Marilane diz que muitas famílias vivem em situação precária e precisam de uma solução urgente

Moradores atingidos pelo deslizamento voltam a pedir atenção do poder público - OUÇA
Escute
Imprimir

A vereadora Marilane Fiameti Stuani (MDB), que está entre os moradores atingidos pelo deslizamento entre as ruas Horário Sandi e Victor Sopelsa, ocorrido em 31 de maio de 2017, voltou a se manifestar sobre assunto. Ela diz que as 18 famílias que tiveram que deixar as casas, por medidas de segurança, estão abandonadas e pedem explicações para a Prefeitura de Concórdia (ouça o áudio acima).


As obras de revitalização da área que deslizou e foi desapropriada iniciaram no fim de novembro de 2019. A previsão é que sejam finalizadas em março deste ano. O projeto prevê melhorias para liberar a passagem de veículos, tanto na rua Victor Sopelsa quanto na Horácio Sandi, construção de calçada para a circulação de pedestres e a edificação de muros de contenção para evitar novos deslizamentos. 

14 jan 20 | 14h28 Por Analu Slongo

Moradores atingidos pelo deslizamento voltam a pedir atenção do poder público - OUÇA

Vereadora Marilane diz que muitas famílias vivem em situação precária e precisam de uma solução urgente

Moradores atingidos pelo deslizamento voltam a pedir atenção do poder público - OUÇA

A vereadora Marilane Fiameti Stuani (MDB), que está entre os moradores atingidos pelo deslizamento entre as ruas Horário Sandi e Victor Sopelsa, ocorrido em 31 de maio de 2017, voltou a se manifestar sobre assunto. Ela diz que as 18 famílias que tiveram que deixar as casas, por medidas de segurança, estão abandonadas e pedem explicações para a Prefeitura de Concórdia (ouça o áudio acima).


As obras de revitalização da área que deslizou e foi desapropriada iniciaram no fim de novembro de 2019. A previsão é que sejam finalizadas em março deste ano. O projeto prevê melhorias para liberar a passagem de veículos, tanto na rua Victor Sopelsa quanto na Horácio Sandi, construção de calçada para a circulação de pedestres e a edificação de muros de contenção para evitar novos deslizamentos.