Concórdia

11 jun 19 | 14h54 Por Rádio Aliança

Mais três casos suspeitos de dengue em Concórdia

Criança que era monitorada desde a semana passada teve resultado do exame negativo

Mais três casos suspeitos de dengue em Concórdia
Imprimir

Desde que Concórdia foi considerada área infestada por focos do mosquito da dengue em abril deste ano, o alerta sobre a suspeita da doença tem aumentado. Na última semana foram confirmados dois casos de dengue em Concórdia. Agora a Vigilância Epidemiológica monitora mais três suspeitos. Trata-se de um morador do bairro Imperial e dois do centro. Na tarde desta terça-feira, 11, chegou o resultado do exame que descartou dengue em uma criança.

 

A enfermeira responsável pelo Programa de Combate à Dengue em Concórdia, Mara Sampaio, conta que os pacientes apresentaram sintomas como febre, dor muscular e atrás dos olhos. Como recomenda o protocolo foi coletado material e enviado para análise do Lacen de Florianópolis. No entanto, Mara pontua que estes sintomas não são exclusivos da dengue. Uma gripe também pode ter essa sintomatologia.

 

As pessoas monitoradas não saíram de Concórdia. A equipe de Combate à Dengue já fez o monitoramento em um raio de 50 metros próximo ao local em que eles residem.

 

Alerta importante

 

O mosquito Aedes Aegipty é o transmissor de doenças como a dengue, zika vírus e chikungunya. A melhor maneira de prevenir essas doenças é eliminando todos os pontos de água parada, que é onde eles se reproduzem. Para isso, alguns cuidados básicos devem ser seguidos:

- Pneus velhos não podem ser jogados em céu aberto;

- As garrafas devem ser guardadas secas e de cabeça para baixo;

- Nunca deixe acumular água nos vasos de plantas;

- As calhas e as lajes devem estar sempre limpas e as piscinas tratadas com cloro;

- Caixas de água, poços e cisternas precisam estar bem fechados e o lixo deve ser jogado em local adequado.

 

 

11 jun 19 | 14h54 Por Rádio Aliança

Mais três casos suspeitos de dengue em Concórdia

Criança que era monitorada desde a semana passada teve resultado do exame negativo

Mais três casos suspeitos de dengue em Concórdia

Desde que Concórdia foi considerada área infestada por focos do mosquito da dengue em abril deste ano, o alerta sobre a suspeita da doença tem aumentado. Na última semana foram confirmados dois casos de dengue em Concórdia. Agora a Vigilância Epidemiológica monitora mais três suspeitos. Trata-se de um morador do bairro Imperial e dois do centro. Na tarde desta terça-feira, 11, chegou o resultado do exame que descartou dengue em uma criança.

 

A enfermeira responsável pelo Programa de Combate à Dengue em Concórdia, Mara Sampaio, conta que os pacientes apresentaram sintomas como febre, dor muscular e atrás dos olhos. Como recomenda o protocolo foi coletado material e enviado para análise do Lacen de Florianópolis. No entanto, Mara pontua que estes sintomas não são exclusivos da dengue. Uma gripe também pode ter essa sintomatologia.

 

As pessoas monitoradas não saíram de Concórdia. A equipe de Combate à Dengue já fez o monitoramento em um raio de 50 metros próximo ao local em que eles residem.

 

Alerta importante

 

O mosquito Aedes Aegipty é o transmissor de doenças como a dengue, zika vírus e chikungunya. A melhor maneira de prevenir essas doenças é eliminando todos os pontos de água parada, que é onde eles se reproduzem. Para isso, alguns cuidados básicos devem ser seguidos:

- Pneus velhos não podem ser jogados em céu aberto;

- As garrafas devem ser guardadas secas e de cabeça para baixo;

- Nunca deixe acumular água nos vasos de plantas;

- As calhas e as lajes devem estar sempre limpas e as piscinas tratadas com cloro;

- Caixas de água, poços e cisternas precisam estar bem fechados e o lixo deve ser jogado em local adequado.