Concórdia

04 ago 20 | 17h31 Por Cristiano Mortari

Jovem de Concórdia está desaparecida desde segunda-feira

Ela é do interior e esteve na cidade pela manhã. A família busca informações e solicita ajuda da comunidade

Jovem de Concórdia está desaparecida desde segunda-feira
Imprimir

A concordiense Cláudia de Moura, de 22 anos, que reside em Linha Primeiro de Setembro, interior de Concórdia, está desaparecida desde a manhã de segunda-feira, dia 03. Familiares estão em busca de informações e já registraram um Boletim de Ocorrência na Delegacia.


O irmão de Cláudia, Emerson de Moura, relatou à Rádio Aliança que ela saiu de casa na segunda-feira pela manhã e foi ao centro de Concórdia. “Ela veio até a cidade, tinha algumas coisas para resolver e também ia pegar combustível. Sabemos que ela foi até o trevo da FACC de moto, desceu até ao Posto Baseggio e deixou um galão de combustível ali”, contou o irmão. “Depois disso não tivemos ais notícia dela”, lamentou ele.


Cláudia mora com os pais e tem uma filha de dois anos. Os familiares tentaram ligar para ela no celular, mas não conseguem contato.


A família está solicitando que caso alguém saiba do paradeiro de Cláudia, ou que tenha visto a jovem, que faça contato. Informações podem ser repassadas ao irmão, através do 9 8822-7398, para a Polícia Civil, no fone 181, ou ainda, à Polícia Militar, discando o 190.


04 ago 20 | 17h31 Por Cristiano Mortari

Jovem de Concórdia está desaparecida desde segunda-feira

Ela é do interior e esteve na cidade pela manhã. A família busca informações e solicita ajuda da comunidade

Jovem de Concórdia está desaparecida desde segunda-feira

A concordiense Cláudia de Moura, de 22 anos, que reside em Linha Primeiro de Setembro, interior de Concórdia, está desaparecida desde a manhã de segunda-feira, dia 03. Familiares estão em busca de informações e já registraram um Boletim de Ocorrência na Delegacia.


O irmão de Cláudia, Emerson de Moura, relatou à Rádio Aliança que ela saiu de casa na segunda-feira pela manhã e foi ao centro de Concórdia. “Ela veio até a cidade, tinha algumas coisas para resolver e também ia pegar combustível. Sabemos que ela foi até o trevo da FACC de moto, desceu até ao Posto Baseggio e deixou um galão de combustível ali”, contou o irmão. “Depois disso não tivemos ais notícia dela”, lamentou ele.


Cláudia mora com os pais e tem uma filha de dois anos. Os familiares tentaram ligar para ela no celular, mas não conseguem contato.


A família está solicitando que caso alguém saiba do paradeiro de Cláudia, ou que tenha visto a jovem, que faça contato. Informações podem ser repassadas ao irmão, através do 9 8822-7398, para a Polícia Civil, no fone 181, ou ainda, à Polícia Militar, discando o 190.