Concórdia

13 set 21 | 13h00 Por Jocimar Soares

Dnit vai implantar lombada eletrônica na BR 153 no segundo semestre desse ano

Dispositivo será colocado em frente ao Posto da Coopercarga, na BR 153

Dnit vai implantar lombada eletrônica na BR 153 no segundo semestre desse ano
Imprimir

O Departamento Nacional de Infraestrutura, Dnit Santa Catarina, vai instalar uma lombada eletrônica na BR 153, em frente ao Posto da Coopercarga no segundo semestre desse ano. A informação é confirmada pelo Sindicato das Empresas transportadoras de Cargas do Oeste e Meio Oeste Catarinense, Setcom.


O pedido foi feito pela própria entidade que havia enviado ofício ao órgão solicitando um redutor de velocidade na altura do KM 100,8 da rodovia porque o local já foi palco de vários acidentes envolvendo caminhões e pelo número de empresas fornecedoras para o segmento de transporte, que estão instaladas nas proximidades.


O presidente do Setcom, Ederson Vendrame, destaca que "já havia um estudo técnico do Dnit, o Setom e a Fetrancesc oficializando a urgência da instalação do redutor, pois nos últimos meses muitos acidentes de trânsito, com vítimas fatais tem nos preocupado".


O superintendente geral do Dnit, Ronaldo Carioni Barbosa, em oficio informou que foi aprovada a instalação do equipamento em frente ao posto da Coopercarga e o trabalho de instalação está a cargo da empresa Fotosensores Tecnologia Eletrônica Ltda. A implantação deve ocorrer no segundo semestre desse ano.

13 set 21 | 13h00 Por Jocimar Soares

Dnit vai implantar lombada eletrônica na BR 153 no segundo semestre desse ano

Dispositivo será colocado em frente ao Posto da Coopercarga, na BR 153

Dnit vai implantar lombada eletrônica na BR 153 no segundo semestre desse ano

O Departamento Nacional de Infraestrutura, Dnit Santa Catarina, vai instalar uma lombada eletrônica na BR 153, em frente ao Posto da Coopercarga no segundo semestre desse ano. A informação é confirmada pelo Sindicato das Empresas transportadoras de Cargas do Oeste e Meio Oeste Catarinense, Setcom.


O pedido foi feito pela própria entidade que havia enviado ofício ao órgão solicitando um redutor de velocidade na altura do KM 100,8 da rodovia porque o local já foi palco de vários acidentes envolvendo caminhões e pelo número de empresas fornecedoras para o segmento de transporte, que estão instaladas nas proximidades.


O presidente do Setcom, Ederson Vendrame, destaca que "já havia um estudo técnico do Dnit, o Setom e a Fetrancesc oficializando a urgência da instalação do redutor, pois nos últimos meses muitos acidentes de trânsito, com vítimas fatais tem nos preocupado".


O superintendente geral do Dnit, Ronaldo Carioni Barbosa, em oficio informou que foi aprovada a instalação do equipamento em frente ao posto da Coopercarga e o trabalho de instalação está a cargo da empresa Fotosensores Tecnologia Eletrônica Ltda. A implantação deve ocorrer no segundo semestre desse ano.