Concórdia

16 ago 19 | 10h39 Por Jocimar Soares

Começam as obras no antigo Senai de Concórdia

Local vai abrigar a estrutura da Secretaria Municipal da Educação.

Começam as obras no antigo Senai de Concórdia
Imprimir

Estão em andamento os trabalhos de reformas da antiga estrutura do Senai, em Concórdia, onde será a Secretaria Municipal da Educação. A obra está sendo executada numa área de 2001,58 metros quadros e com investimento de R$ 626.887,88, recurso que veio do Programa de Financiamento à Infraestrutura e Saneamento, Finisa. O prazo para conclusão é de 180 dias.


O secretário de Educação, Neuri Comin, está bem otimista quanto a utilização do prédio após realizadas as melhorias. "Vamos conseguir utilizar a estrutura que estava parada e ainda, com a economia do aluguel que hoje é pago, poderemos investir em outras áreas da Educação", comenta Neuri.

 

Atualmente, o custo com o aluguel da Secretaria e dos almoxarifados, é de aproximadamente R$ 10 mil mensais e de pouco mais de R$114 mil ao ano. Somente com a economia de aluguel, em cinco anos o investimento da obra já será revertido. 


16 ago 19 | 10h39 Por Jocimar Soares

Começam as obras no antigo Senai de Concórdia

Local vai abrigar a estrutura da Secretaria Municipal da Educação.

Começam as obras no antigo Senai de Concórdia

Estão em andamento os trabalhos de reformas da antiga estrutura do Senai, em Concórdia, onde será a Secretaria Municipal da Educação. A obra está sendo executada numa área de 2001,58 metros quadros e com investimento de R$ 626.887,88, recurso que veio do Programa de Financiamento à Infraestrutura e Saneamento, Finisa. O prazo para conclusão é de 180 dias.


O secretário de Educação, Neuri Comin, está bem otimista quanto a utilização do prédio após realizadas as melhorias. "Vamos conseguir utilizar a estrutura que estava parada e ainda, com a economia do aluguel que hoje é pago, poderemos investir em outras áreas da Educação", comenta Neuri.

 

Atualmente, o custo com o aluguel da Secretaria e dos almoxarifados, é de aproximadamente R$ 10 mil mensais e de pouco mais de R$114 mil ao ano. Somente com a economia de aluguel, em cinco anos o investimento da obra já será revertido.