Concórdia

02 jul 20 | 10h52 Por Analu Slongo

Celesc pretende restabelecer a energia elétrica até sexta à tarde

Em Concórdia mais de 200 unidades consumidoras ainda estão sem luz no interior do Município

Celesc pretende restabelecer a energia elétrica até sexta à tarde
Imprimir

O ciclone que atingiu Santa Catarina na última terça-feira deixou um transtorno enorme para a Celesc em todo o Estado. Mais de 1,5 milhão de consumidores ficaram sem energia elétrica. Na área de atuação da Celesc de Concórdia mais de 2 mil unidades consumidoras ainda estão sem luz. A previsão da empresa é restabelecer todo o sistema até a tarde da sexta-feira, 3 julho.


Na cidade de Concórdia o fornecimento de energia elétrica já está normalizado. A dificuldade ainda é chegar em todos os pontos do interior, que está com 225 interrupções acidentais na manhã desta quinta-feira. O gerente regional da Celesc, Gilvan Menosso, diz que ainda há muitos materiais sobre a rede.


Outro problema é que a Celesc teve dificuldade de contato com os consumidores por problemas na rede telefônica. Além disso, o 0800 480196, que é o canal mais rápido, ficou congestionado pelo grande número de ligações. As outras formas de comunicação são por meio do aplicativo da Celesc ou mensagem de SMS para o 48196. 

02 jul 20 | 10h52 Por Analu Slongo

Celesc pretende restabelecer a energia elétrica até sexta à tarde

Em Concórdia mais de 200 unidades consumidoras ainda estão sem luz no interior do Município

Celesc pretende restabelecer a energia elétrica até sexta à tarde

O ciclone que atingiu Santa Catarina na última terça-feira deixou um transtorno enorme para a Celesc em todo o Estado. Mais de 1,5 milhão de consumidores ficaram sem energia elétrica. Na área de atuação da Celesc de Concórdia mais de 2 mil unidades consumidoras ainda estão sem luz. A previsão da empresa é restabelecer todo o sistema até a tarde da sexta-feira, 3 julho.


Na cidade de Concórdia o fornecimento de energia elétrica já está normalizado. A dificuldade ainda é chegar em todos os pontos do interior, que está com 225 interrupções acidentais na manhã desta quinta-feira. O gerente regional da Celesc, Gilvan Menosso, diz que ainda há muitos materiais sobre a rede.


Outro problema é que a Celesc teve dificuldade de contato com os consumidores por problemas na rede telefônica. Além disso, o 0800 480196, que é o canal mais rápido, ficou congestionado pelo grande número de ligações. As outras formas de comunicação são por meio do aplicativo da Celesc ou mensagem de SMS para o 48196.