Concórdia

18 out 19 | 17h43 Por Analu Slongo

Andressa Pellizzaro assume o Conselho Tutelar após cassação da primeira colocada

Comissão eleitoral emitiu nota à imprensa informando que decisão foi tomada depois da constatação de irregularidades

Andressa  Pellizzaro assume o Conselho Tutelar após cassação da primeira colocada
Imprimir

O resultado final da eleição do Conselho Tutelar de Concórdia foi publicado nesta sexta-feira, 18 de outubro. A candidata mais votada, Sheila Cristina Kadzerski, foi cassada e a primeira suplente, Andressa Fuchina Pellizzaro, foi homologada como conselheira titular.


Segundo nota enviada à imprensa pela Comissão do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, que foi responsável pelo processo eleitoral, foram feitas duas denúncias de irregularidades e após “juntar algumas provas uma das candidatas foi cassada”.


A nota ainda diz que os candidatos foram informados oficialmente e tiveram espaço para apresentar a defesa. “A comissão por unanimidade decidiu pelo arquivamento de um dos casos, por insuficiência de provas, e pela cassação da outra”. A Comissão do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente não divulgou qual foi a irregularidade que levou à cassação de Sheila Cristina Kadzerski, que ficou em primeiro lugar, com 299 votos.


As cinco conselheiras titulares vão tomar posse em janeiro de 2020 para um mandato de quatro anos. Confira o resultado final:


*Titulares

- Jaqueline Maiara de Augustim

- Júlia Cordeiro da Silva

- Jéssica Deggerone Chinelato

- Jaqueline Menegetti

-Andressa Fuchina Pellizzaro


*Suplentes

- Fernanda Teles

- Samuel Felipe Schmidt

- Iolanda Szlachta

- Maiara Alves Rodrigues

- Maria Soraia Lima de Carvalho

- Deise Dezzanetti

-Jucinei de Castilhos Candido

18 out 19 | 17h43 Por Analu Slongo

Andressa Pellizzaro assume o Conselho Tutelar após cassação da primeira colocada

Comissão eleitoral emitiu nota à imprensa informando que decisão foi tomada depois da constatação de irregularidades

Andressa  Pellizzaro assume o Conselho Tutelar após cassação da primeira colocada

O resultado final da eleição do Conselho Tutelar de Concórdia foi publicado nesta sexta-feira, 18 de outubro. A candidata mais votada, Sheila Cristina Kadzerski, foi cassada e a primeira suplente, Andressa Fuchina Pellizzaro, foi homologada como conselheira titular.


Segundo nota enviada à imprensa pela Comissão do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, que foi responsável pelo processo eleitoral, foram feitas duas denúncias de irregularidades e após “juntar algumas provas uma das candidatas foi cassada”.


A nota ainda diz que os candidatos foram informados oficialmente e tiveram espaço para apresentar a defesa. “A comissão por unanimidade decidiu pelo arquivamento de um dos casos, por insuficiência de provas, e pela cassação da outra”. A Comissão do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente não divulgou qual foi a irregularidade que levou à cassação de Sheila Cristina Kadzerski, que ficou em primeiro lugar, com 299 votos.


As cinco conselheiras titulares vão tomar posse em janeiro de 2020 para um mandato de quatro anos. Confira o resultado final:


*Titulares

- Jaqueline Maiara de Augustim

- Júlia Cordeiro da Silva

- Jéssica Deggerone Chinelato

- Jaqueline Menegetti

-Andressa Fuchina Pellizzaro


*Suplentes

- Fernanda Teles

- Samuel Felipe Schmidt

- Iolanda Szlachta

- Maiara Alves Rodrigues

- Maria Soraia Lima de Carvalho

- Deise Dezzanetti

-Jucinei de Castilhos Candido