Concórdia

13 fev 20 | 5h30 Por Jocimar Soares

Acic e Acita participaram de evento com representantes da Marinha do Brasil

Evento aconteceu nesta semana.

Acic e Acita participaram de evento com representantes da Marinha do Brasil
Imprimir

O diretor para assuntos de turismo da Associação Empresarial de Concórdia (ACIC), Josemar Sartoretto, e a conselheira da entidade, Marlene Maria Paludo, participaram na terça-feira, dia 11, de um evento que contou com as presenças do comandante da 5ª Região Náutica da Marinha do Brasil, vice Almirante Flávio Macedo Brasil e o Capitão de Mar e Guerra, comandante da Capitania de Santa Catarina, Alexandre Lopes Vianna da Souza. O encontro teve o apoio da Associação Empresarial de Concórdia (ACIC) e da Associação Empresarial de Itá (ACITA). Na oportunidade, o comandante da 5ª Região Náutica, vice Almirante Brasil enfatizou: “Contem com a Marinha”, deixando claro que entende o crescimento do turismo regional e que em breve será necessário ter um posto avançado em alguma região para atender a demanda crescente de utilização de embarcações no lago da hidrelétrica.

Segundo o diretor para assuntos de turismo da Associação Empresarial de Concórdia (ACIC), Josemar Sartoretto, a presença dos representantes da Marinha do Brasil foi mais uma oportunidade para discutir sobre o tema turismo e fomentar o desenvolvimento dessa atividade na região do Alto Uruguai Catarinense. Para Sartoretto, investimentos simples podem contribuir de forma significativa para fortalecer o turismo. Os representantes da Associação Empresarial de Concórdia e da Associação Empresarial de Itá tiveram a oportunidade de dialogar com as lideranças da Marinha, expondo as potencialidades que a região tem e como é possível desenvolver o turismo de forma sustentável.​

Em função das formações dos lagos das Usinas de Itá e Machadinho, o turismo náutico pode se constituir numa importante opção de renda para as comunidades ribeirinhas. Para isso, é preciso a participação do Poder Público que, utilizando parte dos recursos dos royalties, podem melhorar os acessos, possibilitando que o público usufrua das belezas naturais e do potencial hídrico que favorece o exercícios de atividades náuticas. A ACIC apoia as iniciativas que colaborem para o desenvolvimento do turismo na região, entendendo que esse setor pode representar mais uma importante ferramenta para o fortalecimento da economia dos municípios.


(Fonte: PG Comunicação)

13 fev 20 | 5h30 Por Jocimar Soares

Acic e Acita participaram de evento com representantes da Marinha do Brasil

Evento aconteceu nesta semana.

Acic e Acita participaram de evento com representantes da Marinha do Brasil

O diretor para assuntos de turismo da Associação Empresarial de Concórdia (ACIC), Josemar Sartoretto, e a conselheira da entidade, Marlene Maria Paludo, participaram na terça-feira, dia 11, de um evento que contou com as presenças do comandante da 5ª Região Náutica da Marinha do Brasil, vice Almirante Flávio Macedo Brasil e o Capitão de Mar e Guerra, comandante da Capitania de Santa Catarina, Alexandre Lopes Vianna da Souza. O encontro teve o apoio da Associação Empresarial de Concórdia (ACIC) e da Associação Empresarial de Itá (ACITA). Na oportunidade, o comandante da 5ª Região Náutica, vice Almirante Brasil enfatizou: “Contem com a Marinha”, deixando claro que entende o crescimento do turismo regional e que em breve será necessário ter um posto avançado em alguma região para atender a demanda crescente de utilização de embarcações no lago da hidrelétrica.

Segundo o diretor para assuntos de turismo da Associação Empresarial de Concórdia (ACIC), Josemar Sartoretto, a presença dos representantes da Marinha do Brasil foi mais uma oportunidade para discutir sobre o tema turismo e fomentar o desenvolvimento dessa atividade na região do Alto Uruguai Catarinense. Para Sartoretto, investimentos simples podem contribuir de forma significativa para fortalecer o turismo. Os representantes da Associação Empresarial de Concórdia e da Associação Empresarial de Itá tiveram a oportunidade de dialogar com as lideranças da Marinha, expondo as potencialidades que a região tem e como é possível desenvolver o turismo de forma sustentável.​

Em função das formações dos lagos das Usinas de Itá e Machadinho, o turismo náutico pode se constituir numa importante opção de renda para as comunidades ribeirinhas. Para isso, é preciso a participação do Poder Público que, utilizando parte dos recursos dos royalties, podem melhorar os acessos, possibilitando que o público usufrua das belezas naturais e do potencial hídrico que favorece o exercícios de atividades náuticas. A ACIC apoia as iniciativas que colaborem para o desenvolvimento do turismo na região, entendendo que esse setor pode representar mais uma importante ferramenta para o fortalecimento da economia dos municípios.


(Fonte: PG Comunicação)