ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Divulgação.
TJ aumenta pena de condenado por assassinato em Concórdia
Pena de Marcelo Michelon aumentou de sete para oito anos.
Publicado 09/02/2019
 

Por Jocimar Soares

O Tribunal de Justiça aumentou para oito anos a pena de Marcelo Michelon, autor de golpe de faca que matou um homem no centro de Concórdia no fim de 2015. A decisão ocorreu nesta semana após análise de recuros, movidas pela defesa e pelo Ministério Público de Concórdia.


Em primeira instância, através do Tribunal do Juri, ele havia sido condenado a sete anos de prisão. Porém, a defesa recorreu ao TJ pedindo a anulação do júri e a diminuição da pena. Já a promotoria, por sua vez, recorreu solicitando o aumento da pena. O pleno do TJ rejeitou os pedidos da defesa e acolheu em partes o recurso do Ministério Público e aumentou de sete para oito anos a pena de Marcelo Michelon.


De acordo com o MP, o que pesou para o aumento da pena foram diversas circunstâncias do crime, denter as quais "a conduta social desfavorável do acusado, que ostentava diversos processos criminais, registros de violência doméstica, utilização do assassinato para se vangloriar e ameaçar outras pessoas.


Ele é apontado como responsável pelo golpe de faca que matou Ronaldo Pinheiro. O fato aconteceu no dia 23 de dezembro nas proximidades da Praça Municipal Dogello Goss, onde ocorria uma festa.

 

(Com informações do repórter André Krüger)

COMENTE