ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Secretário de Saúde diz que volta ao cargo mais confiante
Sidinei Schmidt retorna à função como indicação do partido do prefeito
Publicado 09/01/2019
 

Por Analu Slongo

Depois de seis meses afastado do cargo de secretário de Saúde de Concórdia, Sidinei Schmidt (foto) retornou à função nesta segunda-feira, 7 de janeiro. Em entrevista ao Jornalismo da Rádio Aliança, Schimidt diz que volta em uma situação diferente. “Eu retorno pelo partido do prefeito, o PSDB, em uma situação mais confortável. Me sinto mais seguro até para executar o trabalho de forma mais eficaz”, afirma.

 

No início da gestão do prefeito Rogério Pacheco (PSDB) e do vice Edilson Massocco (PR) o nome de Sidinei Schmidt foi apresentado como indicação do PSB, partido que fazia parte da coligação que venceu as eleições municipais de 2016. Agora, com o rompimento após a eleição da Câmara de Vereadores, a pasta da Saúde passou a ser vinculada ao PSDB.

 

Schimidt comenta que teve divergências de opiniões com lideranças do PSB. “Tivemos algumas ideias que acabavam não batendo e questões que não deram certo. Agora eu retorno pelo PSDB e as ideias são mais semelhantes. Com isso, vou conseguir dar mais celeridade aos trabalhos e projetos”, afirma o secretário.

 

Após a saída de Sidinei Schmidt em agosto de 2018, a Secretaria de Saúde foi comandada por Pedro Sperandio (PSB) até 1º de janeiro. Os desdobramentos da eleição à presidência do Legislativo levaram à saída do PSB do governo e os oito nomes que eram indicação do partido foram exonerados.

 

COMENTE

1 COMENT�RIOS
  • luiz
    Eu não entendo: ...saiu..... não deu certo na iniciativa provada....voltou.. Ou estou enganado...