ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Estado de SC poderá ter déficit de R$ 2,5 bilhões
Governador Carlos Moisés fala em corte de mais 900 cargos comissionados e gratificações
Publicado 02/01/2019
 

Por Analu Slongo

A situação financeira do Estado de Santa Catarina fez com que o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) anunciasse medidas de redução de gastos na primeira coletiva de imprensa realizada na tarde desta quarta-feira, 2 de janeiro. Carlos Moisés afirmou que recebeu o Estado com R$ 700 milhões em dívidas e estima que em 2019 o déficit das contas públicas chegará aos R$ 2,5 bilhões. “Isso é um dos desafios. Como governar um Estado que gasta mais do que arrecada?”, pontuou o governador. A projeção para os quatro anos de mandato é que Santa Catarina gaste R$ 11,5 bilhões a mais do que irá arrecadar.

 

Como medidas emergenciais o governador Carlos Moisés anunciou o corte de 922 cargos comissionados e funções gratificadas. A expectativa é economizar R$ 89 milhões com essa decisão. O governador também falou na revisão de contratos de compra, redução das isenções de impostos, combate à sonegação fiscal e promoção do crescimento econômico. 

 

Carlos Moisés também pretende melhorar a interação entre as secretarias de governo. A intenção é reunir o colegiado a cada 15 dias. “O objetivo é fazer com que todo o primeiro escalão preste contas do que estará fazendo”. Outra proposta é digitalizar os processos eliminando o uso de papel a partir do mês de abril.

 

Agências de Desenvolvimento Regional

 

Nesta quarta-feira, 2 de janeiro, está sendo assinado o decreto que oficializa a desativação das 35 Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs) em Santa Catarina. Até o dia 30 de abril todas as ADRs estarão fechadas. O governador não detalhou como ficará o atendimento das agências até esta data.

 

 

 

 

COMENTE